Menu
Menu
Busca terça, 28 de maio de 2024
Secovi
Geral

Em 7 anos, polos de mineração de MS arrecadaram mais de R$ 345 milhões

Entre 2015 e 2022, houve uma tendência de aumento de empresas operando e também de arrecadação da CFEM

16 janeiro 2023 - 13h32Brenda Leitte, com informações da Semadesc    atualizado em 16/01/2023 às 14h25

Mato Grosso do Sul arrecadou R$ 345,09 milhões da CFEM (Compensação Financeira da Exploração de Recursos Naturais) entre os anos de 2015 e 2022, com a operação de empresas de mineração no Estado. Analisando ano a ano, os números mostram uma tendência de aumento de empresas operando e também de arrecadação da CFEM.

No ano passado, o montante ficou em R$ 83.107.364,36 pagos por 162 empresas, o que indica aumento de 101,25% no total de contribuintes e de 109,37% no valor arrecadado, se comparado à soma feita em 2021.

Todos esses dados foram disponibilizados pela Agência Nacional de Mineração, que coloca Mato Grosso do Sul em 7º no quesito arrecadação no ranking nacional. Essa posição foi alcançada no ano retrasado após a conquista de vários investimentos.

Diante dos números da mineração estadual, o secretário de Estado de Meio Ambiente, Desenvolvimento, Ciência, Tecnologia e Inovação (Semadesc), Jaime Verruck, relembrou os grandes depósitos de manganês que existem em Corumbá e Ladário, região que é a primeira do país em alto teor de minério (44 a 48% de Mn) e o minério de ferro (60% a 67%).

"Temos em nosso subsolo a terceira maior reserva do Brasil na região de Corumbá e Ladário, cuja exploração data da época da guerra do Paraguai, com as primeiras concessões de lavra expedidas em 1876. Isso tem atraído investidores que buscam minérios de altos teores e consequentemente tem a sua venda garantida", diz.

Essa extração destinada para atender mercado externo e interno vem há várias décadas sendo responsável por expressiva parcela das exportações de MS, que além de Corumbá e Ladário, conta ainda com a Serra de Bodoquena como polo de mineração, graças às reservas de calcário dolomítico e calcítico, fosfato e mármores dali.

Secretário-executivo da Cadeia Produtiva Mineral da Semadesc, Eduardo Pereira salienta que no ano passado 53 municípios sul-mato-grossenses receberam a CFEM, com o maior volume registrado na cidade de Corumbá, com arrecadação de R$ 67,4 milhões.

"Completando os três primeiros colocados, tivemos Bela Vista com R$ 5,9 milhões e Bodoquena com R$ 1,6 milhão. Esses três municípios representaram, respectivamente, 81,15%, 7,18% e 2,03% do total arrecadado com a mineração em 2022 no Estado", frisa.

Comparativo

Quanto ao cenário nacional da mineração, Eduardo Pereira destaca que o estado com a maior arrecadação da CFEM no ano passado foi Minas Gerais, registrando R$ 3,1 bilhões (44,43% do total do país). Em seguida apareceram os do Pará (R$ 2,9 bi e 41,71%) e da Bahia (R$ 182,8 milhões e 2,61%). Acre, Roraima e Piauí apresentaram os menores valores no acumulado, com respectivamente 0,001%, 0,004% e 0,05% do total brasileiro.

 

Tenha em seu celular o aplicativo do JD1 e acompanhe em tempo real todas as notícias. Para baixar no IOS, clique aqui. E aqui para Android.

Reportar Erro
Assembleia - Maio24

Deixe seu Comentário

Leia Também

Anomalia Magnética sobre o Brasil continua crescendo
Geral
Anomalia Magnética sobre o Brasil continua crescendo
IDH brasileiro teve retrocesso de seis anos durante a pandemia
Geral
IDH brasileiro teve retrocesso de seis anos durante a pandemia
Projeto Ativa Idade envia palavras de amor e esperança para gaúchos
Geral
Projeto Ativa Idade envia palavras de amor e esperança para gaúchos
Hospital regional reforça doações de agasalhos infantis para o Cabide Solidário
Geral
Hospital regional reforça doações de agasalhos infantis para o Cabide Solidário
Foto: Agehab
Geral
Sancionado 'Novo Morar Legal' para a regularização de imóveis da Agehab
Governador Eduardo Riedel
Geral
Riedel sanciona reajustes salariais do Judiciário, Tribunal de Contas e Defensoria
Secretário Hélio Peluffo, da Seilog (Secretaria Estadual de Infraestrutura e Logística)
Geral
Obras da 1ª rodovia de concreto em MS devem começar neste ano
Prefeita de Jardim é condenada por conduta vedada, mas escapa da cassação
Justiça
Prefeita de Jardim é condenada por conduta vedada, mas escapa da cassação
Foto: Divulgação/CCR MSVia
Geral
Corpus Christi: Mais de 235 mil veículos passarão pela BR-163 durante o feriadão
Vista panorâmica da Avenida Afonso Pena
Geral
Abre e fecha de Corpus Christi: Veja o funcionamento dos órgãos públicos e comércio

Mais Lidas

Waldeli dos Santos Rosa -
Política
Ex-prefeito é condenado por espalhar "Deep Fake" em Costa Rica
Vítima morreu ainda no local
Polícia
Homem é morto a tiros após jogar salgado em dono de lanchonete
Campo Grande amanhece encoberta de névoa
Clima
Campo Grande amanhece com neblina e frio ganha novo aliado nesta segunda
Delegadas Elaine Benicasa e Analu Lacerda deram detalhes sobre o crime de Amalha Mariano
Polícia
Nova versão: Caminhoneiro matou corretora após discussão em caso extraconjugal