Menu
Menu
Busca terça, 28 de maio de 2024
Secovi
Geral

"Estamos entregando um MS melhor do que pegamos", diz Reinaldo em balanço

Governo divulgou dados nas áreas da saúde, educação, segurança e economia

27 dezembro 2022 - 16h30Brenda Leitte e Sarah Chaves

Avaliação do Produto Interno Bruto (PIB), mudanças na Educação e Saúde e melhorias na segurança, foram apresentadas pelo governador Reinaldo Azambuja em balanço das medidas adotadas pelo seu governo desde 2015, quando assumiu comando do Executivo Estadual. 

Para o governador Reinaldo Azambuja, o sentimento é de dever cumprido. "O grande legado é ter Mato Grosso do Sul como o Estado que mais cresceu do Brasil nesses últimos 8 anos. Crescemos mesmo na crise econômica e na pandemia. Avançamos em empregos, desenvolvimento econômico e desenvolvimento social".

“Vamos passar mais de R$ 2 bilhões na conta para viabilizar as obras inacabadas, as demais foram concluídas. Estamos entregando um MS muito melhor do que pegamos, saindo sem nenhum processo, nenhuma condenação", afirmou o governador. 

Na área da Educação, o Governo do Estado destacou a implantação do ensino integral e a aplicação de mais de R$ 1 bilhão, incluindo R$ 640 milhões em reformas das escolas.

Para garantir segurança foram investidos mais de R$ 1 bilhão ao longo de oito anos. MS se tornou o 2° estado que mais investe na segurança e o 3° com as menores taxas de violência. Mato Grosso do Sul também é a Unidade da Federação em que há mais presos trabalhando e estudando.

Conforme dados divulgados pelo Governo do Estado, na Economia, o PIB saltou de RS 78,9 bilhões, em 2014, para R$ 155 bilhões, em 2022. MS chegou a 3° menor taxa de desemprego no país com a 4ª menor taxa de pobreza e obras nos 79 municípios, sendo o Estado com maior investimento per capita do Brasil.

Para os próximos 10 anos, o Governo do Estado tem a expectativa de receber R$ 45 bilhões de investimentos privados por meio do programa MS Empreendedor, com 5 mil novos empregos. Entre os principais empreendimentos estão a Suzano, em Ribas do Rio Pardo (R$ 15 bilhões); Arauco, em Inocência (R$ 15 bilhões); Inpasa, em Dourados (R$ 2 bilhões); e Neomille, em Maracaju (R$ 1 bilhão).

Ainda neste mandato, o governo do Estado implantou na área social, programas como o Mais Social, com 87.240 famílias atendidas, e o Energia Social/Conta de Luz Zero, com 154.523. Por meio do Mais Social, os beneficiários recebem um cartão com R$ 300 por mês para compra de comida, itens de higiene pessoal e limpeza e aquisição de gás de cozinha (GLP). O Energia Social também é um auxilio para quem mais precisa, onde o Estado paga a conta das residências que utilizam até 220 kWh por mês e com famílias inscritas no CadÚnico (Cadastro Único) do Governo Federal. 

Saúde

Em 2015, 46% das internações de alta e média complexidade eram feitas na Capital. Hoje, o indice é de 10%. Isso só foi possível com a construção, estruturação de hospitais e ampliação de leitos.

Entre os novos hospitais estão o regional de Dourados, ainda em construção, e o de Três Lagoas. Outros exemplos de investimentos na saúde são o Hospital do Trauma, a hemodiálise em Coxim, a ampliação do Hospital Marechal Rondon, que triplicou a capacidade de atendimento na microrregião de saúde de Jardim, e a reforma no Hospital de Câncer Alfredo Abrão.

Estado

Neste período de oito anos, o Governo do Estado atraiu investimento por meio de PPPs (Parcerias Público-Privadas). O primeiro contrato de concessão foi da rodovia MS-306. A Way-306 assumiu por 30 anos a responsabilidade pela administração, recuperação, conservação, manutenção, implantação de melhorias e ampliação de toda a extensão da rodovia.

Já a PPP do esgotamento sanitário que vai garantir a universalização da cobertura nos 68 municípios atendidos pela Sanesul, em um investimento de R$ 3,8 bilhões. E neste ano foram assinados os contratos das PPPs da Infovia Digital e da Energia.

Reportar Erro
Assembleia - Maio24

Deixe seu Comentário

Leia Também

Funtrab fica localizada na Rua 13 de maio, 2773
Geral
'Feirão da Empregabilidade' na Funtrab vai oferecer 168 empregos na terça
Davi Brito, ganhador do BBB 24, admite que usou doações para ir ao RS
Geral
Davi Brito, ganhador do BBB 24, admite que usou doações para ir ao RS
Fachada da Câmara Municipal de Campo Grande -
Justiça
TJ manda empossar suplente filiado ao PSDB
Hanna é de porte grane e da cor marrom
Geral
Viu a Hanna? Cachorra sumiu na Vila Aymoré; tutoras oferecem recompensa
Governo de MS ajudará com a compra de medicamentos para o Rio Grande do Sul
Geral
Governo de MS ajudará com a compra de medicamentos para o Rio Grande do Sul
JD1TV: Dono da Havan alerta sobre golpes de 'doações' que usam sua voz
Geral
JD1TV: Dono da Havan alerta sobre golpes de 'doações' que usam sua voz
Peugeot 206, prata, ano 2001 (Placa HSP1984)
Geral
Recebendo multas em seu nome, estudante tenta encontrar carro vendido em 2018
Alexandre de Moraes
Brasil
Recursos de delações e condenações devem ser destinados pela União, diz STF
Intenção de consumo das famílias recua em maio
Geral
Intenção de consumo das famílias recua em maio
 Ministério Público de Mato Grosso do Sul (MPMS) -
Interior
Ação judicial obriga reforma em unidade de acolhimento de Paraíso das Águas

Mais Lidas

Waldeli dos Santos Rosa -
Política
Ex-prefeito é condenado por espalhar "Deep Fake" em Costa Rica
Vítima morreu ainda no local
Polícia
Homem é morto a tiros após jogar salgado em dono de lanchonete
Campo Grande amanhece encoberta de névoa
Clima
Campo Grande amanhece com neblina e frio ganha novo aliado nesta segunda
Delegadas Elaine Benicasa e Analu Lacerda deram detalhes sobre o crime de Amalha Mariano
Polícia
Nova versão: Caminhoneiro matou corretora após discussão em caso extraconjugal