Menu
Menu
Busca sexta, 19 de abril de 2024
Geral

Estudo da UEMS mostra potencial da economia criativa no Pantanal de MS

13 dezembro 2016 - 18h36Da redação com assessoria

Em épocas de crise, ter criatividade é essencial. E a economia criativa vem ao encontro das comunidades, utilizando da própria cultura, tradições e produção de artesanatos para melhorar a economia local. Um estudo produzido no Mestrado em Desenvolvimento Regional e de Sistemas Produtivos (PPGDRS), da Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul em Ponta Porã, mostrou que o patrimônio cultural brasileiro é riqueza abundante para o desenvolvimento da Economia Criativa, destacando dentre eles no Mato Grosso do Sul, o Pantanal.
 
Segundo o trabalho produzido pelos mestrandos do PPGDRS, Estevão Domingo Copérnico Satti e Juliano Delai, a Superintendente de Economia Criativa do Estado de MS, Claudia de Medeiros, e o Mestre em Administração e Pesquisador em Economia Criativa Adriano Pereira de Castro Pacheco, com a economia criativa é possível imaginar um futuro melhor a partir da própria realidade e buscar mudanças graduais que envolvam a produção local.
 
No campo da economia criativa, o Pantanal representa uma grande oportunidade para o desenvolvimento sustentável, pois seu território é de inesgotável intensidade cultural e destaca-se por suas peculiaridades. Num mundo cada vez mais globalizado a “diversidade cultural” toma dimensões importantes para o planejamento de políticas de desenvolvimento.
 
A principal atividade econômica da região pantaneira é a pecuária, contudo o turismo também configura uma importante atividade econômica da região. Seja pelo fluxo constante de pescadores amadores atraídos pelas belezas naturais da região, ou pelo considerável número de visitantes do cenário contemplativo pantaneiro.
 
“Assim, o ecoturismo acabou por notabilizar-se no MS fomentando o surgimento de pousadas e fazendas adaptadas para receber os turistas. Fatalmente a Economia Criativa contribui para o fortalecimento do turismo cultural, por constituir-se em instrumento de afirmação da identidade regional, na medida em que contribui para reavivar a história da gente pantaneira”, ressaltaram os pesquisadores.
 
A cultura é demonstrada por várias formas como nos museus municipais, sobretudo, vinculados à arte pantaneira, à exemplo de Aquidauana e Corumbá. Em encontros e festejos do homem pantaneiro nas cidades de Aquidauana e Miranda; festas populares como: Folia de Reis (Bodoquena), Festa do Divino (Coxim), Banho de São João (Corumbá), entre outras; além de artesanato indígena e pantaneiro: cerâmica, faixas pantaneiras, artefatos em couro e chifre etc.
 
As danças e músicas regionais, com destaque para as de origem paraguaia e pantaneira (chamamé, polca paraguaia, guarânia); artes performáticas inspiradoras na cultura local (indígena, pantaneira…); pequenos ateliês, feiras e exposições; além da literatura científica e de ficção abundantemente presentes no estado, sobretudo, inspiradas nas riquezas naturais e culturais do Pantanal também são aspectos que podem ser aproveitados na economia criativa.
 
Os pesquisadores apontam que o Pantanal e as demais riquezas naturais do MS são um verdadeiro “manancial de ativos simbólicos” e, portanto, da economia intensiva em criatividade. “Logo, torna-se necessário concentrar esforços de organização e fortalecimento do papel estatal e dos demais setores de modo que, conjuntamente, possam fazer surgir um novo ciclo criativo envolvendo criação, produção, distribuição e consumo de bens e serviços culturais e criativos com a patente de nossa diversidade cultural”, concluem.

Reportar Erro

Deixe seu Comentário

Leia Também

Justiça condena homem por uso de CNH falsa após acidente em Campo Grande
Justiça
Justiça condena homem por uso de CNH falsa após acidente em Campo Grande
1º Ecoponto itinerante recebeu mais de 20 toneladas de resíduos em cinco dias na Capital
Geral
1º Ecoponto itinerante recebeu mais de 20 toneladas de resíduos em cinco dias na Capital
Foto: Divulgação
Geral
MS Qualifica: Senai oferta 355 vagas em cursos de qualificação em 13 cidades
Foto: Caio Correia - Professor de física da UFCG
Geral
Saiba como observar o "Cometa do Diabo", visível no Brasil a partir deste domingo
Mega-Sena promoveu mais um sorteio
Geral
Mega-Sena acumula outra vez e chega a incríveis R$ 100 milhões
Dinheiro apreendido na operação contra o grupo criminoso -
Justiça
Escândalo em Sidrolândia, conheça os nomes e as denúncias
Ademar Silva Junior é o novo secretário de Desenvolvimento e Agronegócio
Geral
Ademar Silva Junior é o novo secretário de Desenvolvimento e Agronegócio
Horóscopo do dia - Veja a previsão para o seu signo 19/04/2024
Geral
Horóscopo do dia - Veja a previsão para o seu signo 19/04/2024
Sede do Gaeco - MPMS
Justiça
Juiz nega internação hospitalar para assessor de vereador preso em operação
Vereador Claudinho Serra
Justiça
Defesa de Claudinho Serra reafirma pedido de liberdade e propõe tornozeleira eletrônica

Mais Lidas

Aeronave de asa rotativa caída na grama no aeroporto
Geral
JD1 Urgente: Helicóptero cai no aeroporto Santa Maria
JD1TV: Após furtar moto, ladrão tenta extorquir soldado do Exército em Campo Grande
Polícia
JD1TV: Após furtar moto, ladrão tenta extorquir soldado do Exército em Campo Grande
Caramelo e Stivizinha
Comportamento
JD1TV: Animais de rua viram 'cãopanheiros' de serviço em atacadista e base da GCM da Capital
Professora grampeia bilhete em camisa de criança de 5 anos em Nova Friburgo
Geral
Professora grampeia bilhete em uniforme de aluno de 5 anos e gera revolta