Menu
Busca sexta, 22 de outubro de 2021
(67) 99647-9098
Senar 18 10 21
Geral

Golpistas anunciam empréstimo de até R$ 800 mil em outdoors em MS

22 julho 2011 - 17h26Helder Rafael

Dezenas de anúncios espalhados nesta semana em outdoors pelas ruas de Campo Grande, e atribuídos a um banco privado, oferecem empréstimo pessoal de até R$ 800 mil com o atrativo de que não é necessário estar com o nome limpo nos serviços de proteção ao crédito para fazer a contratação. A instituição bancária que teve o nome usado na propaganda faz alerta de que a ação trata-se de um golpe antigo na praça.

Aline Marques David, que mora em Campo Grande, ligou para o número anunciado e ouviu dos atendentes a informação de que era necessário fazer um depósito inicial para liberar o empréstimo. "Fiz uma simulação de R$ 30 mil, e eles falaram que era para depositar R$ 600 na conta corrente de um advogado", relata.

O valor cobrado seria referente a despesas com cartório, já que, segundo Aline, os atendentes ofereciam duas alternativas para efetivar a contratação do empréstimo: conseguir dois fiadores com dois imóveis quitados cada um, ou assinar uma confissão de dívida, com fé pública. A mulher afirma que não fez o depósito solicitado por desconfiar do procedimento. "A gente sempre vê denúncias pela mídia, então dei corda para ver até onde isso chegava", diz Aline.

"É golpe antigo", diz banco com nome utilizado

Os anúncios exibem o nome do Banco Clássico, instituição credenciada no Banco Central e com sede no Rio de Janeiro. Em contato por telefone, o diretor Aílton Siqueira informou que o Banco Clássico não faz esse tipo de operação. "O banco não tem cliente externo, não tem contas correntes nem empréstimos a ninguém. Isso é um golpe antigo, temos conhecimento desde 1998", afirma.

O Banco Clássico, segundo Siqueira, pertence a um banqueiro que criou a instituição com a finalidade de gerenciar as transações financeiras entre suas empresas. O diretor dá detalhes de como os golpistas atuam. "Em Belo Horizonte, por exemplo, eles chegaram a fazer anúncio em uma rádio. Eles pedem para fazer cadastro, pedem um certo valor para liberar o empréstimo e depositam cheque sem fundos ou roubado na conta da pessoa", sustenta. "Já fizemos denúncias anteriormente à Polícia Federal", complementa.

A Polícia Civil recomenda o máximo de cuidado ao realizar qualquer transação financeira e orienta que, em casos de eventuais vítimas dos golpistas, é preciso comunicar a Delegacia Especializada de Repressão aos Crimes de Consumo (Decon). "A partir da denúncia e da comunicação de que alguém foi lesado, a polícia poderá apurar e investigar a responsabilidade criminal dos envolvidos", afirma o delegado Matuzalém Sotolani.

Com informações do G1 MS.

Unica - primavera

Deixe seu Comentário

Leia Também

Geral
Vídeo - Energisa terá até helicóptero para possível vendaval
Geral
Vídeo - "Seremos eficientes", garante Marquinhos sobre vendaval
Geral
Ministro do TSE fala sobre confiabilidade de urnas eletrônicas ao JD1 Notícias
Geral
Pfizer tem alta eficácia contra Covid em crianças, diz estudo
Geral
Depois da capital, Estado também decreta ponto facultativo dia 1° de novembro
Geral
Ao vivo: Corpo de Bombeiros fala sobre plano de prevenção para tempestade prevista no fim de semana
Geral
Você tem alguma história de terror real legal para contar? Mande para o JD1 Notícias
Geral
Trecho da Rui Barbosa será interditado durante uma semana
Geral
Shoppings da Capital se unem à CDL para ajudar famílias afetadas pelo temporal
Geral
Para custear exame de filho com DMD, mãe faz barras de chocolate para vender

Mais Lidas

Polícia
Homem pula o muro e flagra a ex-mulher com outro e transtornado agride ela e tranca os dois
Brasil
Vídeo: Homem se desespera ao ver que racha com os amigos acabou em morte
Geral
Com oito filhos, mãe anuncia gravidez de gêmeos e dispara: 'queremos mais'
Geral
Pastor embolsa R$ 30 milhões da Igreja Universal e foge