Menu
Menu
Busca quarta, 22 de maio de 2024
Camara Maio24 - TV camara
Geral

Governo estende recadastramento de armas até 3 de maio

Prazo terminaria em 30 de março

29 março 2023 - 11h29Vinicius Costa    atualizado em 29/03/2023 às 11h44

O governo federal prorrogou até 3 de maio o prazo de recadastramento de armas no Sistema Nacional de Armas (Sinarm). O decreto foi publicado nesta quarta-feira (29) no Diário Oficial da União. O prazo começou em 1º de fevereiro e iria até 30 de março.

Em nota técnica, a Secretaria Nacional de Segurança Pública (Senasp), do Ministério da Justiça e Segurança Pública, justificou que a prorrogação do prazo tem o propósito de assegurar “melhor adequação da Polícia Federal no cumprimento da atividade de recadastramento atribuída ao órgão policial”, considerando as dimensões continentais do país.

O Sinarm, da Polícia Federal (PF), é o sistema de registro de armas de uso permitido de civis que concentra dados de armas mantidas por empresas de segurança privada, policiais civis, guardas municipais e pessoas físicas com autorização de posse ou porte. Já Sistema de Gerenciamento Militar de Armas (Sigma), do Exército, registra as armas de uso restrito pertencentes a colecionadores, atiradores e caçadores (CAC’s).

Com o recadastramento, todas as armas de uso permitido e de uso restrito devem ser cadastradas no Sinarm, ainda que já registradas em outros sistemas.

Ontem (28), em audiência pública na Câmara dos Deputados, o ministro da Justiça e Segurança Pública, Flávio Dino, afirmou que o processo tem sido tão bem sucedido que o número de armas recadastradas já é maior do que o de armas originalmente cadastradas nos sistemas oficiais.

Dino não chegou a apresentar novos números, mas no último balanço, da semana passada, 81% das 762.365 armas de CACs, registradas no Sigma, haviam sido recadastradas na Polícia Federal. As mais de 613 mil armas recadastradas superam a meta do governo, que era chegar a 80% de recadastramentos feitos.

Os proprietários que não desejarem mais manter a propriedade de armas poderão entregá-las em um dos postos de coleta da Campanha do Desarmamento, autorizados pelo Ministério da Justiça e Segurança Pública.

Outra mudança trazida no decreto de hoje permite que o diretor-geral da PF estabeleça procedimentos especiais para a apresentação de armamentos, motivados por questões de logística e segurança. O novo texto prevê a possibilidade da exposição às equipes da PF em local distinto das respectivas delegacias.

O recadastramento foi uma determinação do presidente Luiz Inácio Lula da Silva, que suspendeu, por meio de decreto, os registros para aquisição e transferência de armas e de munições de uso restrito por CACs. Após o fim dessa etapa, uma proposta de novo decreto com regras sobre aquisição de armas, obtenção de posse ou porte e funcionamento de clubes de tiro será apresentado pelo governo.

Ao determinar a suspensão, Lula criou grupo de trabalho para tratar dessa nova regulamentação ao Estatuto do Desarmamento.

O decreto desta quarta-feira também muda a composição do grupo de trabalho, que passará a contar com dois novos integrantes: uma representação da Comissão de Segurança Pública e Combate ao Crime Organizado da Câmara dos Deputados e uma representação da Comissão de Segurança Pública do Senado Federal. A participação no grupo foi solicitada pelos interessados ao ministro Flávio Dino.

* Com informações da Agência Brasil

JD1 No Celular

Tenha em seu celular o aplicativo do JD1 e acompanhe em tempo real todas as notícias. Para baixar no IOS, clique aqui. E aqui para Android.

Reportar Erro

Deixe seu Comentário

Leia Também

Beneficiários do Primt serão alfabetizados pelo projeto Ressignificando Saberes
Geral
Beneficiários do Primt serão alfabetizados pelo projeto Ressignificando Saberes
Ator Tony Ramos
Geral
Tony Ramos apresenta "contínua evolução" após 2ª cirurgia
Rio Grande do Sul vive pior crise climática
Geral
Sobe para 161 o número de mortes no Rio Grande do Sul
Cada aposta simples custa R$ 2,50
Geral
Quina de São João sorteará R$ 220 milhões em 2024
'Cinco-contra-um': 78% dos homens se masturbam sem o conhecimento da parceira
Geral
'Cinco-contra-um': 78% dos homens se masturbam sem o conhecimento da parceira
Ministro Alexandre de Moraes
Justiça
STF suspende lei que proibia linguagem neutra nas escolas
Novo Fórum de Maracaju é vistoriado pelo Desembargador Sérgio Fernandes Martins -
Justiça
Presidente do TJMS faz vistoria em obra de R$ 8 milhões em Maracaju
 Eduardo Riedel e o Governador Regional de Tarapacá  no Chile, José Miguel Carvajal após assinatura do "Acordo de Cooperação" em 2023
Geral
Facilitando acordos bilaterais, Lei declara região do Chile como Estado Irmão de MS
A condenação se deu por lesão corporal leve e injúria estando em serviço
Justiça
Condenado a 10 anos, "Buguinho da Nhanhá" quer anular julgamento por morte de "Magrão"
Vereador Lívio Leite
Política
Dr. Lívio é empossado como vereador em meio a disputa na Justiça

Mais Lidas

Francisco Jr. foi socorrido em estado grave e levado para uma unidade de saúde
Polícia
JD1TV: Moto de influenciador da Capital explode em acidente na BR-060, em Sidrolândia
Rapper morr3 após atirar na cabeç4 ao gravar vídeo; assista
Geral
Rapper morr3 após atirar na cabeç4 ao gravar vídeo; assista
Vereador Lívio Leite
Justiça
Vaga de Claudinho Serra na Câmara será de Dr. Lívio
Ele teria convivido normalmente com os corpos durante o final de semana, até ligar para a Polícia Militar e contar sobre o crime
Polícia
Com raiva após ficar sem o celular, adolescente mata pai, mãe e irmã em SP