Menu
Menu
Busca segunda, 22 de abril de 2024
TJMS Abril24
Geral

Homem que matou esposa a facadas vai a júri popular nesta sexta-feira

07 março 2017 - 18h01Da redação com assessoria
 
Neste mês de março, em que se comemora o dia Internacional da Mulher, por todas as conquistas alcançadas aos longos das décadas, muitas delas, ainda, são vítimas de agressões físicas e psicológicas, outras, perdem a própria vida, como foi o caso de Juliana da Silva Fernandes, de 26 anos, morta em abril de 2016, com várias facadas pelo corpo, pelo ex-marido Michel leite Carvalho, de 31 anos.
 
O réu vai a júri popular, nesta sexta-feira (10/3), no auditório do Tribunal do Júri, em Campo Grande-MS e se era julgado por homicídio qualificado e violência contra a mulher.
 
Michel cometeu o crime por motivo torpe de sua conduta, agindo de forma que dificultou a defesa de Juliana, golpeando-a de surpresa com a faca que escondia.
 
O Marido Michel matou Juliana usando de violência doméstica e familiar, o que caracterizou como qualificadora de feminicídio, situação em que a mulher é morta por questões de gênero, simplesmente por ser do sexo feminino.
 
Michel cometeu o crime movido por ódio vingativo em razão de não aceitar o fim de seu relacionamento com Juliana, bem como pelo fato dela estar se relacionando com outro homem, denotando a obsessão doentia.
 
Entenda o caso
 
No dia 22 de abril de 2016, por volta das 2 horas da madrugada, Michel Leite de Carvalho, matou sua ex-mulher Juliana da Silva Fernandes, com golpes de facas.
 
Michel e Juliana tinham um relacionamento amoroso por vários anos, do qual tinham três filhos e, com a separação do casal, Juliana foi residir  na casa de sua irmã e cunhado.
 
Na data dos fatos, comemoravam o aniversário da irmã de Juliana, no quintal da casa, localizada na rua Prímula, no Bairro Jardim Aero Rancho. Após todos jantarem, os filhos de Juliana, sua irmã e seu cunhado entraram na casa para repousar, enquanto Juliana da Silva Fernandes permaneceu no quintal da casa.
 
Neste intervalo, Michel Leite de Carvalho, portando-se de uma faca, foi até o local e ao encontrar Juliana na entrada da casa, desferiu golpes de faca. Na tentativa de escapar, Juliana correu para o quintal pedindo socorro, quando novamente foi atingida por Michel, que em seguida fugiu em uma bicicleta. Minutos depois, Juliana veio a falecer em decorrência dos ferimentos.
 
Depois do ocorrido, Michel foi até a casa de Domingos Salve Lopes Cordeiro, de 54 anos, com quem mantinha um relacionamento homoafetivo extraconjugal, com a finalidade de fugir das autoridades policiais. Ao saber do falecimento de Juliana, o amante Domingos Salve Lopes Cordeiro, consentiu a permanência de Michel em sua casa e depois o ajudou a fugir para uma fazenda no município de Terenos, onde foi preso depois.

Reportar Erro

Deixe seu Comentário

Leia Também

Entregas podem ser feitas no SAC ou na Sala de Acolhimento Espiritual da Santa Casa
Geral
Santa Casa pede ajuda com doações de roupas, fraldas e kit maternidade
Riedel se solidariza com militares e familiares de Capitão Mense do Choque
Geral
Riedel se solidariza com militares e familiares de Capitão Mense do Choque
Observação
Geral
'Cometa do Diabo' fica visível em todo o Brasil neste domingo
Mani e Davi
Geral
Mani Rego se pronuncia sobre separação com Davi
Sindicato das Empresas de Transporte cobra duplicação da BR-163 e fiscalização da ANTT
Geral
Sindicato das Empresas de Transporte cobra duplicação da BR-163 e fiscalização da ANTT
Instituto de Meio Ambiente de Mato Grosso do Sul
Geral
Imasul divulga concurso público com salários que vão de R$ 2.886 a R$ 7.501
Davi e Mani Rêgo
Geral
"Vai procurar outro assunto", diz Davi sobre boatos de separação com a esposa
Trabalhador da coleta de lixo é atropelado durante o serviço no Aero Rancho
Geral
Trabalhador da coleta de lixo é atropelado durante o serviço no Aero Rancho
Foto: Osvaldo Duarte/Dourados News
Geral
Breja pra todo lado: Carreta tomba e espalha cerveja no anel viário de Dourados
Ainda dá tempo; Mega-Sena sorteia R$ 100 milhões neste sábado
Geral
Ainda dá tempo; Mega-Sena sorteia R$ 100 milhões neste sábado

Mais Lidas

AGORA: Capitão do Batalhão de Choque morre na Capital
Polícia
AGORA: Capitão do Batalhão de Choque morre na Capital
Emocionados, vários miliares acompanharam o velório do Capitão
Polícia
Velório de Capitão do Choque arrancou lágrimas até dos mais "durões"
Capitão Leonardo Mense partiu durante a noite de sábado (21)
Polícia
'Imenso legado': Capitão Mense é homenageado por autoridades e instituições de MS
JD1TV: Mulher morre ao ser atropelada várias vezes pelo namorado na Capital
Polícia
JD1TV: Mulher morre ao ser atropelada várias vezes pelo namorado na Capital