Menu
Menu
Busca sexta, 19 de abril de 2024
Geral

Hospital Nosso Lar de Campo Grande completa 57 anos

A instituição é referência no tratamento de doenças mentais em MS

27 janeiro 2023 - 13h53Brenda Leitte

Amor ao próximo traduzido em gestos e cuidados. É assim o trabalho do Hospital Nosso Lar, que atua no tratamento de doentes mentais, dependentes químicos e pessoas carentes que necessitam de atendimento médico-hospitalar em Campo Grande. Celebrando 57 anos nesta sexta-feira, dia 27 de janeiro, o hospital carrega com sigo a missão de cuidar e amparar aqueles que necessitam de atenção, mesmo enfrentando desafios durante todos esses anos.

Fundando em 1966, sob a denominação de Sanatório Mato Grosso, a entidade que se consolidou em Mato Grosso do Sul, hoje é especializada em atendimentos psiquiátricos, além de ser referência em países vizinhos. Em entrevista, o diretor-presidente do Nosso Lar, Enier Guerreira da Fonseca, contou sobre a trajetória da instituição.

Enier, diretor do Hospital - foto: Gerson Walber

“O hospital Nosso Lar é referência em amor ao próximo com atendimento humanizado para aqueles que não têm condição financeira. Buscamos fazer uma trabalho de excelência e ética com os pacientes que aqui residem, carregando os ensinamentos que a fundadora Maria Edwiges Borges nos deixou", iniciou ele.

Tratando de pacientes com transtornos mentais, como depressão, ansiedade, síndrome do pânico, esquizofrenia, entre outros, o hospital conta com 180 funcionários em geral. "Aqui os pacientes são separados por ala feminina e masculina. Na atualidade, de forma muito evidente, neste momento de pós-pandemia, a nossa sociedade necessita de um ambiente que acolha e trate os transtornos mentais. Notamos, de forma significativa, um aumento de casos aqui na Capital, resultando em mais procuras por atendimentos", indagou Enier.

Atendendo pacientes do SUS (Sistema Único de Saúde), mediante sistema regulatório do Município e do Estado, a entidade também realiza atendimentos por diversos planos de saúde, tabela social e particulares. Atualmente, o hospital atende cerca de 140 pessoas e, em sua grante maioria, sendo pelo SUS. "Como nossa maior demanda é de pacientes do Sistema Único de Saúde, para mantermos a entidade em pleno atendimento, a instituição depende de doações e contribuições. Recebemos repasses dos Poderes Públicos, mas o valor para manter cada paciente, e as demais necessidades do hospital, se trata de números expressivos", explicou.

Comentando sobre os desafios ao longo dos 57 anos de serviços prestados à Capital, o diretor do hospital citou sobre o preconceito da sociedade quando o assunto é sobre sanatório. "Há, ainda, certa incompreensão ou mesmo ignorância a respeito dos transtornos mentais e das dificuldades vivenciadas pelos portadores. Felizmente, a ciência, com grande esforço, vem lançando luzes sobre esse afligente assunto. Entretanto, é imprescindível que a sociedade o discuta abertamente e busque alternativas para tratamentos adequados, somando esforços para a edificação de um mundo mais saudável e mais acolhedor para todos", ponderou.

Doações

A entidade recebe doações de alimentos, bem como ajuda de custo financeiro. Contando com o apoio de parceiros, o hospital precisa arcar com diversos remédios para tratamentos dos pacientes acompanhados por eles.

O Hospital Nosso Lar fica localizado rua Dr. Bezerra de Menezes, 325, na Vila Planalto, em Campo Grande. O telefone para contato é 3316-3500 e o atendimento é 24 horas. Para fazer doações ou obter mais informações sobre o trabalho realizado pela instituição, acesse o site.

 

Tenha em seu celular o aplicativo do JD1 e acompanhe em tempo real todas as notícias. Para baixar no IOS, clique aqui. E aqui para Android.

Reportar Erro

Deixe seu Comentário

Leia Também

Justiça condena homem por uso de CNH falsa após acidente em Campo Grande
Justiça
Justiça condena homem por uso de CNH falsa após acidente em Campo Grande
1º Ecoponto itinerante recebeu mais de 20 toneladas de resíduos em cinco dias na Capital
Geral
1º Ecoponto itinerante recebeu mais de 20 toneladas de resíduos em cinco dias na Capital
Foto: Divulgação
Geral
MS Qualifica: Senai oferta 355 vagas em cursos de qualificação em 13 cidades
Foto: Caio Correia - Professor de física da UFCG
Geral
Saiba como observar o "Cometa do Diabo", visível no Brasil a partir deste domingo
Mega-Sena promoveu mais um sorteio
Geral
Mega-Sena acumula outra vez e chega a incríveis R$ 100 milhões
Dinheiro apreendido na operação contra o grupo criminoso -
Justiça
Escândalo em Sidrolândia, conheça os nomes e as denúncias
Ademar Silva Junior é o novo secretário de Desenvolvimento e Agronegócio
Geral
Ademar Silva Junior é o novo secretário de Desenvolvimento e Agronegócio
Horóscopo do dia - Veja a previsão para o seu signo 19/04/2024
Geral
Horóscopo do dia - Veja a previsão para o seu signo 19/04/2024
Sede do Gaeco - MPMS
Justiça
Juiz nega internação hospitalar para assessor de vereador preso em operação
Vereador Claudinho Serra
Justiça
Defesa de Claudinho Serra reafirma pedido de liberdade e propõe tornozeleira eletrônica

Mais Lidas

Aeronave de asa rotativa caída na grama no aeroporto
Geral
JD1 Urgente: Helicóptero cai no aeroporto Santa Maria
JD1TV: Após furtar moto, ladrão tenta extorquir soldado do Exército em Campo Grande
Polícia
JD1TV: Após furtar moto, ladrão tenta extorquir soldado do Exército em Campo Grande
Caramelo e Stivizinha
Comportamento
JD1TV: Animais de rua viram 'cãopanheiros' de serviço em atacadista e base da GCM da Capital
Professora grampeia bilhete em camisa de criança de 5 anos em Nova Friburgo
Geral
Professora grampeia bilhete em uniforme de aluno de 5 anos e gera revolta