Menu
Busca sexta, 19 de julho de 2019
(67) 99647-9098
Geral

Ícone do jornalismo esportivo morre aos 72 anos

Torcedor do Palmeiras, Roberto Avallone iniciou sua carreira de jornalista e radialista em 1960

25 fevereiro 2019 - 14h37Marcos Tenório com Uol

O jornalista e radialista esportivo, Roberto Avallone, de 72 anos, morreu na manhã desta segunda-feira (25) vítima de parada cardiorrespiratória. A informação foi confirmada pelo Hospital Santa Catarina, em São Paulo.

Conhecido por conta dos seus bordões como “polêmica”, Avallone quando fazia uma pergunta para os companheiros terminava a frase dizendo “interrogação”. A mesma tônica servia para quando afirma algo e usava ao término das frases “exclamação”.

Torcedor do Palmeiras, o jornalista também trabalhou nas rádios Eldorado, Jovem Pan, Rádio Globo, Rádio Bandeirantes, Rádio Capital e Band News FM. Pela TV, passou pela Gazeta, RedeTV!, TV Bandeirantes e por fim, SporTV.

Nascido em 1947, Avallone começou a carreira na década de 1960, no jornal "Última Hora". Anos depois, ele virou chefe de reportagem do "Jornal da Tarde" e ganhou dois prêmios Esso. O jornalista deixa três filhos: Caio, Carolina e Anna Flávia.

Roberto Carlos

Deixe seu Comentário

Leia Também

Geral
Para Emir Sader, Lula aparenta estar "muito bem fisicamente”
Geral
Centro Cultural oferece 48 vagas gratuitas para curso de Ballet
Geral
Vídeo - Idosa de 93 anos faz sucesso empinando pipa
Geral
Nelsinho será palestrante durante a 71ª SBPC
Geral
Bradesco tem agência exclusiva para recadastramento de servidores
Geral
Francês atravessa o Atlântico em um tonel e história vai virar livro
Geral
Reinaldo proíbe fornecimento de canudos de plástico no estado
Geral
Quatro capivaras amanhecem mortas próximo ao shopping
Geral
Menino acha fóssil gigante de 8 milhões de anos
Geral
Jovem perde perna em acidente e pede ajuda em "Vaquinha Solidária"

Mais Lidas

Geral
Quatro capivaras amanhecem mortas próximo ao shopping
Justiça
Rigo entra com recurso baseado em decisão de Toffoli
Geral
Jovem perde perna em acidente e pede ajuda em "Vaquinha Solidária"
Polícia
Incêndio criminoso deixa pelo menos 16 mortos