Menu
Busca sexta, 28 de fevereiro de 2020
(67) 99647-9098
tj ms topo
Geral

Incêndio em hospital deixa pelo menos dez mortos

Havia mais de 100 pacientes no local, no momento do acidente

13 setembro 2019 - 09h54Priscilla Porangaba

O incêndio que atingiu na noite de quinta-feira (12) o Hospital Badim, na zona norte do Rio de Janeiro, deixou pelo menos dez mortos, segundo o Corpo de Bombeiros.

Os bombeiros já concluíram o trabalho de busca por vítimas dentro da unidade particular de saúde. Havia mais de 100 pacientes no local, no momento do acidente, e 90 deles tiveram que ser transferidos para outros hospitais.

Durante a retirada, vários pacientes chegaram a ser acomodados na própria rua. Eles foram transferidos para os hospitais Israelita Albert Sabin, Municipal Souza Aguiar, Copa Dor, Quinta Dor, Norte Dor, Caxias Dor e São Vicente de Paulo.

Quatro bombeiros também passaram mal durante a operação de combate ao incêndio e resgate de vítimas e foram encaminhados para o hospital dos bombeiros.

A Rua São Francisco Xavier, em frente ao hospital, que estava interditada para a retirada dos pacientes e o trabalho dos bombeiros, foi liberada ao tráfego agora de manhã.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Geral
Acesso ao Informe de Rendimentos já está disponível
Geral
Ibama descobre óleo próximo a navio encalhado no Maranhão
Geral
Nova etapa do concurso da PM tem edital publicado no Diário Oficial
Geral
Governo prorroga prazo de aplicação para nova carteira de identidade
Geral
Prefeitura convoca motoristas selecionados em processo seletivo
Geral
"Somos destaque nacional pela gestão responsável", diz Riedel
Geral
Vai viajar? Aeroporto da capital opera sem atrasos e cancelamentos
Geral
Vídeo - Professor cai no chão após tentar dar aula bêbado
Geral
Governo pagará salários de servidores no sábado
Geral
Pesquisa aponta crescimento da confiança do empresário da capital

Mais Lidas

Geral
Acesso ao Informe de Rendimentos já está disponível
Geral
Ibama descobre óleo próximo a navio encalhado no Maranhão
Saúde
OMS eleva grau de contaminação do coronavírus para "muito alto"
Justiça
Desembargador prevê ''caos'' se ação do Novo for aprovada