Menu
Busca quarta, 18 de setembro de 2019
(67) 99647-9098
Geral

Irã condena Sakineh à forca

27 setembro 2010 - 17h20
TEERÃ - O procurador-geral do Irã, Gholam Hussein Mohseni Ejei, anunciou nesta segunda-feira, 27, que Sakineh Mohamadi Ashtiani, a iraniana acusada de adultério e cumplicidade no assassinato de seu marido, foi condenada à morte por enforcamento por homicídio. Em declarações divulgadas nesta segunda-feira pela agência de notícias local "Mehr", Mohseni Ejei explicou que, "de acordo com a decisão do tribunal, Sakineh foi acusada de assassinato e condenada por este delito". Sakineh também havia sido condenada à morte por adultério - cuja pena é a morte por apedrejamento - mas a pena foi revista após a família do marido perdoá-la. Sakineh foi condenada em 2006 por manter relações ilícitas com dois homens após ficar viúva, o que, segundo a lei islâmica, também é considerado adultério. Em julho deste ano, seu advogado Mohammad Mostafaei tornou público o caso em um blog na internet, o que chamou a atenção da comunidade internacional. Perseguido pelas autoridades iranianas, ele fugiu para a Turquia, de onde buscou asilo político na Noruega. O governo brasileiro ofereceu refúgio a Sakineh, o que foi rejeitado por Teerã. A pena de morte foi mantida por um tribunal de apelações, que acrescentou ao caso a acusação de conspiração para a morte do marido. Fonte: Estadão
Toka do Jacare - perkal

Deixe seu Comentário

Leia Também

Geral
Eleição para composição do CRO/MS termina nesta tarde
Geral
Aumentou desigualdade de rendimentos entre as famílias, aponta pesquisa
Geral
PDV resultará em redução anual de R$ 8 mi, com despesa de pessoal
Geral
Anatel realiza operação de combate à pirataria de equipamentos de telecomunicações
Geral
Diretor da Emha esclarecerá dúvidas ao vivo nesta quarta, no JD1
Geral
Reinaldo estará em Rio Verde com “Governo Presente”
Geral
Aeroporto da capital opera sem atrasos e cancelamentos nesta manhã
Geral
Árvore cai e Espírito Santo está interrompida
Geral
Bolsonaro aprova lei que obriga agressor doméstico a ressarcir Estado
Geral
Eleição para Conselheiros Tutelares ocorre dia 6 de outubro

Mais Lidas

Geral
Supermercado Real, no São Conrado, é autuado por vender produtos vencidos
Brasil
Vídeo – Torcedor do Athletico tem a mão dilacerada ao manusear rojão
Internacional
Vídeo - De cueca, homem cai de prédio ao fugir da casa da amante
Oportunidade
TIM abre vagas para jovem aprendiz na capital