Menu
Busca segunda, 19 de outubro de 2020
(67) 99647-9098
Sebrae/mulher
Geral

Maior evento científico será realizado na UFMS neste mês

Evento divulga trabalhos técnicos, científicos, artísticos e culturais realizados na Universidade

01 novembro 2018 - 16h51Da redação com assessoria

Na próxima semana, a UFMS abre suas portas para o maior evento científico de Mato Grosso do Sul. De 5 a 10 de novembro, no ginásio Moreninho, o Integra UFMS vai reunir todos os programas institucionais da universidade e receber alunos do ensino básico ao superior em várias atividades científico-culturais.

Serão apresentados trabalhos de todos os dez câmpus da UFMS sobre diversas áreas, como a humanização dos atendimentos na área da saúde, show de química, análises de literatura e trabalhos de dança. Além disso, mais de 240 propostas científico-culturais serão realizadas, divididas em oficinas, mostras, palestras, minicursos, rodas de conversa, mesas redondas, visitas técnicas e simpósios.

O objetivo do Integra UFMS é reunir a Feira de Tecnologias, Engenharias e Ciências de Mato Grosso do Sul (FETEC-MS), o Programa Institucional de Bolsas de Iniciação Científica (PIBIC), o Programa Institucional de Bolsas de Iniciação à Docência (PIBID), o Programa de Educação Tutorial (PET), a Extensão Universitária (ENEX) e as Empresas Juniores da UFMS.

A finalidade desta integração é oferecer um amplo espaço de visibilidade para a divulgação de trabalhos técnicos, científicos, artísticos e culturais dos programas institucionais, e maximizar o compartilhamento entre as áreas de conhecimento, com enfoque no Ensino, Pesquisa e Extensão.

O Integra UFMS também é uma oportunidade de abrir a Universidade para a comunidade externa. Escolas públicas e particulares irão participar de visitas técnicas guiadas, com a finalidade de conhecer a Cidade Universitária e fomentar o interesse dos alunos pelo meio acadêmico.

Para contribuir com a divulgação da programação, foi feita uma chamada pública para alunos de Ensino Fundamental e Médio das redes municipais e estaduais. Eles serão “repórteres juniores” e a ideia é que os estudantes atuem na cobertura jornalística educomunicativa, dando sua visão sobre o evento e os aproximando dos trabalhos científicos realizados na Universidade, constituindo uma maneira diferenciada de fazer divulgação científica.

pax nacional

Deixe seu Comentário

Leia Também

Geral
Pesquisa mostra falta de cerveja nas prateleiras dos supermercados
Geral
Proprietária de frigorífico tem a mão presa em moedor de carne
Geral
Vídeo - Homem é filmado por vizinhos fazendo "cavalinho de pau", no bairro Sayonara
Geral
Procon já recebeu mais 15 mil reclamações este ano; Energisa lidera ranking
Geral
Jade Magalhães confirma término do noivado com Luan Santana
Geral
Com Covid-19, sambista Jorge Aragão está na UTI
Geral
Versão online do cartão do SUS está disponível no MS Digital; veja como usar
Geral
UEMS vai ofertar mais de 400 vagas para cursos de graduação a distância
Geral
Professor envia foto nu para grupo de alunos do fundamental
Geral
Candidato a vereador faz campanha em caixão "para sepultar a velha política"

Mais Lidas

Internacional
Jovem é presa tentando entrar com dinamite em presídio onde estão membros do PCC
Política
Ibope - Gestão de Marquinhos tem 52% de aprovação e 16% de rejeição
Política
Projeto do marco legal das startups é encaminhado ao Congresso
Vídeos
Vídeo: Motoqueiro cai e trânsito na Via Park fica congestionado