Menu
Busca terça, 11 de agosto de 2020
(67) 99647-9098
TJMS agosto/20
Geral

Maratoninha da Caixa leva 1,6 mil crianças e pai ao Parque Ayrton Sena

27 março 2011 - 14h45
O Parque Ayrton Sena, no bairro Aero Rancho, em Campo Grande, recebeu na manhã deste domingo 1,6 mil crianças que participaram da Maratoninha da Caixa, evento promovido pela Caixa Econômica Federal. Os pais dos participantes aprovaram a iniciativa que tem por objetivo incentivar à prática de esporte e promover a interação social. O engenheiro agrônomo Renato de Campos Almeida, 41 anos, acompanhava os dois filhos- menino de 11 anos e a menina de oito. Para ele, a participação em eventos como este incentiva a prática esportiva e também a competitividade. “Não só saber ganhar, mas também perder”, disse. Foi a segunda vez que os filhos dele participaram da Maratoninha da Caixa. A empregada doméstica Angélica Dias de Souza, 30 anos, inscreveu na corrida o filho de sete anos, a pedido dele, que se interessou pelo evento após ver o irmão mais velho correr no ano passado. O menino queria tanto participar que ficou ansioso na véspera. “Ele não conseguiu dormir direito”, contou a mãe. Um dos vencedores da corrida foi Cléber Espíndola, seis anos. Ele fala que gosta de brincadeiras que envolvam corrida. Ele correu descalço, porque, segundo ele, seu rendimento é melhor sem tênis. Cleber recebe bicicleta do superintendente da Caixa Econômica em MS, Paulo Antunes Siqueira. (Foto: Simão Nogueira) Ao se aproximar da faixa de chegada o menino parou de correr e começou a andar. Como estava distante dos outros participantes, garantiu a vitória e ganhou uma bicicleta. Ele também ganhou, assim como todos os outros participantes, camiseta, boné e um kit com frutas e água. Somente os vencedores das 45 baterias é que ganharam bicicletas. A competição foi dividida em quatro categorias: 6 a 8 anos; 9 a 10 anos; 11 e 12 anos e outra para cadeirantes, com participação de seis competidores. Incentivo-A competição é nacional e tem como incentivadores atletas “aposentados” que participam do projeto Heróis Olímpicos. Um deles é Cláudio Roberto de Souza, 38 anos. Padrinho da Maratoninha, ele declara que a disputa desperta o interesse das crianças para o esporte; melhora a interação com outras pessoas e também o desenvolvimento. O recado que ele deixa aos pais é que incentivem seus filhos na prática desportiva pois, além dos benefícios já citados, pode ser descoberto um talento que irá viver do esporte. Fonte: CG News
Senar - agosto2020

Deixe seu Comentário

Leia Também

Geral
Viagem com cães e gatos para a Argentina é autorizada nesta segunda
Geral
Sanesul mantém suspenso corte de água para famílias de baixa renda
Geral
Há 4 km do destino, homem perde controle da moto em curva, cai e morre
Geral
Focos de incêndios no Pantanal ultrapassam os 3,5 mil apenas em Corumbá
Geral
Nenhum ganhador: Mega-Sena acumula e prêmio vai a R$ 11 milhões
Geral
Coronel David deixa hospital e cumprirá isolamento em casa
Geral
Com link de live, defensoria diz que já atuou com a prefeitura na pandemia
Geral
Polícia Civil recebe veículo para ser usado em atendimento assistencial de policiais
Geral
Motoboys protestam em frente a condomínio de homem que humilhou entregador
Geral
Após atitude racista, usuário é banido do Ifood

Mais Lidas

Política
Vereadores da capital votam cinco Projetos nessa terça
Política
Coronel David solicita testes em massa à agentes da Segurança Pública
Política
Dourados tem nova troca de secretário de Saúde
Política
Vice-prefeita de Inocência morre vítima do coronavírus