Menu
Busca sábado, 27 de novembro de 2021
(67) 99647-9098
Assembleia Nov21
Geral

Juiz proíbe menores de 14 anos de visitar a exposição Queermuseu

A determinação é de um magistrado da 1º Vara da Infância, da Juventude e do Idoso

18 agosto 2018 - 11h14Da redação, com informações da Agência Brasil

O juiz Pedro Henrique Alves, da 1º Vara da Infância, da Juventude e do Idoso, decidiu proibir a entrada de menores de 14 anos de idade na exposição Queermuseu - Cartografia da Diferença na Arte Brasileira, que abre ao público neste sábado (18), na Escola de Artes Visuais do Parque Lage. O magistrado respondeu à recomendação de classificação indicativa do Ministério Público (MP), para afixação de informação sobre a natureza da mostra, que apresenta obras com conteúdo de sexo e nudez.

O MP salientou, entretanto, por meio de sua assessoria, que em nenhum momento pediu a proibição do ingresso de menores de 14 anos na exposição. “Não houve pedido de proibição para menor de 14 anos por parte do MP. O MP, em nenhum momento, pediu a proibição à Justiça. O MP enviou recomendação aos expositores, com base em decisão do Ministério da Justiça, que estabeleceu classificação indicativa como critério apenas de orientação para os pais”, esclareceu o Ministério Público.

Apesar disso, o juiz decidiu proibir a entrada de menores abaixo dessa faixa etária: “Decido: autorizar a entrada e permanência de adolescentes de 14 a 15 anos de idade, somente acompanhados dos pais ou responsável legal, e maiores de 15 anos de idade, desacompanhados; proibir a entrada e permanência no evento de crianças/adolescentes com idade inferior a 14 anos, ainda que acompanhados dos pais ou responsável legal.” 

Caso a decisão não seja respeitada, foi instituída multa de R$ 50 mil diários. Haverá fiscalização no local para checar se a medida está sendo cumprida.

A exposição Queermuseu foi inaugurada em Porto Alegre, em 15 de agosto do ano passado, com previsão de seguir até 8 de outubro, no Santander Cultural. Mas protestos de ativistas conservadores provocou o cancelamento da mostra em 10 de setembro. 

Posteriormente, cogitou-se reabrir a exposição no Museu de Arte do Rio (MAR), mas o prefeito Marcelo Crivella vetou a iniciativa.

Além da exposição de obras de arte, haverá uma intensa programação cultural paralela, com shows musicais, debates e espetáculos de dança. A visitação é gratuita. Os horários são: das 12h às 20h, de segunda-feira a sexta-feira, e das 10h às 17h, aos sábados, domingos e feriados.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Geral
Prefeitura disponibiliza calendário escolar de 2022; Veja
Geral
Governo alerta que não avisa ganhadores de Nota Premiada por WhatsApp
Geral
Áudio: Marquinhos quer exigir comprovante de vacinação em carnavais privados
Geral
Receber cobranças por dívidas de terceiros é prática abusiva gravíssima, diz Procon
Geral
Atenção: 36ª Zona Eleitoral altera locais de votação de Campo Grande
Geral
Dias de lutas: Filho de Chorão diz que pai deixou dívida 'impagável'
Geral
Loja da Capital é autuada pelo Procon por propaganda enganosa na Black Friday
Geral
Avião da Azul apresenta pane em solo e passageiros ficam feridos
Geral
Dedo no c* e gritaria: Sexo a cocô em público, show de João Gomes viraliza na web; assista
Geral
Energisa comemora cliente número mil no Programa Ilumina Pantanal

Mais Lidas

Geral
Amiga 'fura-olho' leva surra após esposa descobrir traição; assista
Geral
Queda de helicóptero deixa três mortos
Geral
Piloto corumbaense está entre os desaparecidos em queda de avião no mar
Polícia
Homem é detido com moto roubada no Terminal General Osório