Menu
Menu
Busca sábado, 25 de maio de 2024
Secovi
Geral

Nova espécie de tatu 'enigmático' é confirmada no Pantanal

Com focinho de porco e rabo mole, a espécie é encontrada na área de transição entre o Cerrado e o Pantanal de MS

17 janeiro 2023 - 17h49Brenda Leitte, com G1 Notícias

Ele é cheio de individualidades e ainda é caracterizado como "enigmático". Com uma dieta bem seletiva e de presença muito mais frequente dentro das tocas embaixo da terra. Estas são algumas das características do tatu-de-rabo-mole grande, espécie com incidência confirmada no Pantanal de Mato Grosso do Sul após pesquisa de cientistas do ICAS (Instituto de Conservação de Animais Silvestres).

Ao todo, os pesquisadores analisaram um banco de informações coletados nos últimos dez anos. Entre os dados, os biólogos do ICAS se debruçaram em imagens coletadas por armadilhas fotográficas, carcaças de animais mortos e informações coletadas em campo.

Os biólogos Matheus Ian de Oliveira, Gabriel Fávero Massocato e Arnaud Desbiez juntaram os dados das pesquisas e apresentaram uma novidade: a constatação da presença do tatu-de-rabo-mole grande em área de transição entre o Cerrado e o Pantanal de MS.

"Era um animal que tinha apenas dois registros aqui no estado, agora apresentamos um trabalho com 12 novas incidências. É incrível mostrar estes novos dados e é mais surpreendente revelar que tem o animal no Pantanal. Antes era achismo, mas ninguém nunca apresentou uma imagem. O que alguns julgavam e não tinham confirmado, nós confirmamos. Provamos com as imagens e que a espécie ocorre no Pantanal", detalha Massocato em conversa com o g1.

Identificações

O biólogo e voluntário no ICAS, Matheus Ian de Oliveira detalha que existem cinco espécies diferentes de tatus, sendo a de tatu-de-rabo-mole grande uma das menos conhecidas das pesquisas científicas e da população. Pode se dizer que é um tatu mais "tímido", por preferir passar a maior parte do tempo dentro das tocas. Por esse comportamento, os avistamentos dessa espécie confirmada no Pantanal são mais raros.

"A gente acredita que seja uma espécie associada a ambientes florestais e que ela passe a maior parte do tempo no solo, talvez esse seja esse o motivo para ela ser vista muito pouco. A maioria dos trabalhos que citam essa espécie em pontos de ocorrências, com listas e locais onde essa espécie ocorre. Ela é uma espécie que pode chegar a ter 50 cm de cumprimento e pesar até 5 quilos. Ainda não sabemos o padrão".

Foram 12 novos tatus-de-rabos-moles grandes identificados pela pesquisa do ICAS. A presença, dia a dia, hábitos e características desta espécie ainda são difíceis de serem precisadas, como explica o pesquisador e biólogo voluntário do ICAS, Matheus Ian de Oliveira.

"Trabalhamos com esses dois principais métodos de coleta: carcaças de animais que morreram atropelados e também alguns registros fotográficos, seja de armadilhas fotográficas ou de observações diretas. Foram sete animais por armadilhas fotográficas, um por avistamento direto e outros quatro que foram carcaças recolhidas após acidentes de rodovias no estado".

 

Tenha em seu celular o aplicativo do JD1 e acompanhe em tempo real todas as notícias. Para baixar no IOS, clique aqui. E aqui para Android.

Reportar Erro
Assembleia - Maio24

Deixe seu Comentário

Leia Também

Campanha do Agasalho
Geral
Areias da Esperança promove 'Campanha do Agasalho' para arrecadar roupas de frio
Mutirão para emissão de RG de PCDs
Geral
Prefeitura de Campo Grande realiza mutirão para emissão do novo RG de PCDs
Bilhete de aposta da Mega-Sena
Geral
Mega-Sena sorteia prêmio acumulado de R$ 47 milhões neste sábado
Vai pagar? Netflix aumenta preços de assinaturas no Brasil; confira os valores
Geral
Vai pagar? Netflix aumenta preços de assinaturas no Brasil; confira os valores
Atendentes na nova sede do Procon-MS
Geral
Após suspensão, Procon-MS retoma atendimentos por telefone e adota tecnologia VoIP
Tony Ramos deixa o hospital após passar por duas cirurgias cerebrais
Geral
Tony Ramos deixa o hospital após passar por duas cirurgias cerebrais
Sérgio Longen, presidente da FIEMS
Geral
Dia da Indústria: Longen destaca avanço do setor em Mato Grosso do Sul
Energisa abre turmas exclusiva para mulheres em curso de eletricista
Geral
Energisa abre turmas exclusiva para mulheres em curso de eletricista
Mega-Sena promoveu mais um sorteio
Geral
Mega-Sena acumula e prêmio salta para R$ 47 milhões
Corregedoria deve verificar in loco o funcionamento do TJMS
Justiça
Juiz do Amapá é investigado e afastado cautelarmente por ligações com facções

Mais Lidas

Amalha trabalhava como corretora de imóveis
Polícia
Corretora foi morta a pauladas por 'amigo' após não entrar em esquema de golpe
Amalha era corretora de imóveis
Polícia
AGORA: Choque prende um dos autores do assassinato da corretora Amalha Mariano
Amalha foi vítima de três sessões de espancamento antes de ser morta em Porto Seco
Polícia
Amalha foi vítima de três sessões de espancamento antes de ser morta em Porto Seco
O caso foi registrado na Depac Cepol em Campo Grande
Polícia
Mulher é ameaçada de morte por agiota na Capital: 'vai pagar por bem ou por mal'