Menu
Menu
Busca quarta, 17 de abril de 2024
TJMS Abril24
Geral

Núcleo dará apoio a famílias vítimas de Feminicídio

17 maio 2016 - 16h02Assessoria

Mato Grosso do Sul é o 9º estado com maior número de Feminicídios – assassinatos cometidos contra mulheres. O Estado tem a taxa de 5,9 feminicídios para 100 mil mulheres, índice superior à taxa nacional, de 4,8 Feminicídios para 100 mil mulheres, segundo Mapa da Violência de 2015. 

Para apoiar e atender as pessoas que sobreviveram à tentativa ou trauma da perda de mães, filhas, esposas, companheiras, por meio do assassinato em virtude do gênero, a Subsecretaria de Políticas Públicas para Mulheres (SPPM) pasta ligada à Secretaria de Estado de Direitos Humanos, Assistência Social e Trabalho (Sedhast), inaugura nesta quarta-feira (18), às 10h, Núcleo de Atendimento às Sobreviventes e às Famílias das Vítimas de Feminicídio (NAFem).

Para a titular da Sedhast, Elisa Cleia Nobre, os dados apresentados pelo relatório da Comissão Parlamentar Mista de Inquérito (CPMI) da Violência contra a Mulher, de 2013, caracteriza uma grave violação dos direitos humanos das mulheres e justifica a criação do núcleo. Conforme o documento, houve o assassinato de 43,7 mil mulheres no país entre 2000 e 2010 — 41% delas mortas em suas próprias casas, muitas por companheiros ou ex-companheiros

A subsecretária de Políticas Públicas para Mulheres, Luciana Azambuja Roca, disse que o NAFem  vai assegurar o atendimento psicossocial às famílias das vítimas de Feminicídio e quando necessário acompanhar e encaminhar para a  Rede de Atendimento. Por meio de grupos sócios terapêuticos propiciar a construção e ressignificação de vida pós-trauma aos familiares.

O núcleo também vai proporcionar conhecimento da Rede de Atendimento em Políticas Públicas, conhecer as especificidades das pessoas que serão atendidas e priorizar momentos de troca, cuidado, atenção, solidariedade e ação em conjunto com as demais Políticas Públicas de Atendimento à Mulher.

Feminicídio – É o assassinato cometido por razões da condição de gênero, isto é, quando o crime envolve: “violência doméstica e familiar e/ou menosprezo ou discriminação na condição de mulher” refletindo na qualidade de vida da família da vítima, nos aspectos sociais, econômicos, políticos e emocionais.

Em março de 2015 foi aprovada a Lei nº 13.104, que modifica o Código Penal para incluir o Feminicídio como forma de homicídio qualificado, enquadrando-o também como crime hediondo. A mudança traz novos desafios e um deles é a sensibilização dos profissionais e das instituições de segurança pública e justiça criminal para investigar, processar e julgar de forma adequada e eficaz os Feminicídios.

Serviços 

O NAFem será implantado no Centro de Atendimento Especializado da Mulher (CEAM), localizado na Rua: Pedro Celestino, 437, centro – telefone: 3361-7519.

Reportar Erro

Deixe seu Comentário

Leia Também

Emoção toma conta durante reencontro de irmão internados a 20 dias na Capital
Geral
Emoção toma conta durante reencontro de irmão internados a 20 dias na Capital
Lançamento da 12ª Campanha de Prevenção e Combate a Incêndios Florestais, realizada pelo Sistema Famasul e a Reflore-MS
Geral
Combate a incêndios: Corpo de Bombeiros terá 13 bases em propriedades rurais no Pantanal
Remessas de compras online caíram no Brasil
Geral
Remessas de compras online caíram no Brasil
geraldo 2 1
Justiça
Dispensa de licitação de R$ 2 milhões rende condenação a Geraldo Resende
Fachada da Câmara Municipal de Campo Grande -
Política
Câmara Municipal e TJMS firmam convênio para transmissão de conteúdo na TV aberta
Expogrande 2024: Acrissul fecha balanço e revela faturamento de R$ 576,8 milhões
Geral
Expogrande 2024: Acrissul fecha balanço e revela faturamento de R$ 576,8 milhões
Votação no Senado aconteceu na noite de quarta-feira
Política
Senado vota PEC que criminaliza posse de qualquer quantidade de droga ilícita
Fachada do TCE-MS
Justiça
Ex-prefeito de Paranhos é condenado por irregularidades em contas do FUNDEB
TJMS mantém prisão de "Lobinho" por homicídio em Campo Grande
Justiça
TJMS mantém prisão de "Lobinho" por homicídio em Campo Grande
BBB 14 - Final terá figurino especial e todos os brothers de volta na casa
Geral
BBB 14 - Final terá figurino especial e todos os brothers de volta na casa

Mais Lidas

Acidente aconteceu no Monte Castelo
Polícia
Motociclista que morreu após bater em muro no Monte Castelo pilotava sem CNH
Janaina tinha 40 anos e trabalhava na Semed
Polícia
Identificada motociclista morta que bateu em muro de condomínio no Monte Castelo
Agetran divulga lista de multas aplicadas de 21 a 31 de março
Cidade
Multas de trânsito: saiba se você foi "canetado" entre 21 a 31 de março
Diogo Nantes morreu na hora
Polícia
JD1TV: Jovem morre após carro ser atingido pela haste da lona de um caminhão na MS-164