Menu
Busca sexta, 03 de fevereiro de 2023
(67) 99647-9098
Geral

Onça-pintada é 'cancelada' na internet por predar capivara no Pantanal

"Os comentários na internet mostram que as pessoas não têm noção de como funciona a natureza", enfatizou autor das fotos

12 abril 2022 - 17h13Brenda Leitte, com G1 Notícias

Após a divulgação de uma série de fotos que mostra uma onça-pintada predando um capivara no Pantanal de Mato Grosso do Sul, feitas pelo estudante de biologia João Pedro Salgado, o felino foi "cancelado" no Twitter por estar "almoçando". A repercussão dos internautas chocou vários profissionais ligados à vida selvagem.

João esperava uma repercussão com a sequência de fotos, mas não tanta. O estudante de biologia fez o registro na primeira vez que veio ao Pantanal. A publicação, feita por ele nas redes sociais, dividiu opiniões e causou supresa para João Pedro. "Acho que isso mostra o descolamentos da natureza que as pessoas estão no momento. Algo preocupante no meu ponto de vista, pois um dos lemas da conservação é 'conhecer para preservar', como vamos preservar algo que as pessoas estão demonstrando ao menos conhecer?", questionou.

Na internet, de um lado, alguns comentários debocharam do cenário e compararam a situação com homicídios: "vou começar a postar fotos e vídeos de pessoas sendo mortas em assistentes [acidentes] e assassinadas..." disse um post.

Do outro lado, biólogos defenderam o registro feito pelo biólogo, dizendo que as fotos mostram fielmente como a natureza é. De acordo profissionais da área, a onça é um carnívoro estrito, que significa que o animal se alimenta apenas de carne.

 

"Eu fico assustado, as pessoas não têm noção básica da natureza, aquela cena não tem nada de errado. Os animais estão no ambiente que elas deveriam estar. Os comentários das pessoas mostram que eles não têm noção de como funciona a natureza", enfatizou o biólogo.

A preocupação de João, levantada através dos comentários, é compartilhada por Gustavo também: "primeiro fica o alerta de que as pessoas precisam de uma formação básica. Hoje as pessoas na internet têm muito juízo de valor, pessoas que não entendem o assunto e criticam o assunto", detalhou.

Os biólogos acreditam que a grande repercussão também se deu pelo animal predado ser uma capivara. "Temos mais contato com a capivara, ela faz parte do dia a dia de muitas pessoas. A capivara é mais 'fofinha'. A cena é forte e mostra a realidade, mas é como se fosse um jacaré ou outro animal sendo comido".

Em outro post, um twiteiro escreve: "temos tecnologia o suficiente para produzir proteína vegetal e alimentar estes bichos, protegendo a vida de milhares de animais em extinção".

"Isso demonstra um comportamento preocupante de visão da natureza que algumas pessoas possuem. Os animais precisam ser animais, a cena não é cruel ou algo do tipo. A cena é simplesmente a vida em seu estado mais puro", finalizou João Pedro Salgado.

 

 

Gov Dengue - Jan23 Square

Deixe seu Comentário

Leia Também

Geral
Relatos apontam para 30 casos de jovens Yanomami grávidas após abusos de garimpeiros
Geral
Após novas regras, PF abre recadastramento de armas em MS
Geral
Raul Gil é internado em São Paulo e passa por procedimento no esôfago; saiba mais
Geral
Salário dos servidores municipais estará na conta nesta sexta-feira
Geral
JD1TV: Sucuri de quase dois metros é resgatada em rua de Dourados
Geral
Controlador-geral do Município é exonerado
Geral
Herculano Borges é o novo diretor da Fundesporte
Geral
Cabral tem prisão domiciliar revogada pelo TRF2 em um dos processos
Geral
Após medidas, ligações de telemarketing com robôs teve queda de 40%, diz Anatel
Geral
Empresa quer trazer de volta à vida o pássaro Dodô, extinto no século XVII

Mais Lidas

Cidade
'Sorrisão doce e largo', amigas lamentam morte de Ana Karolina em acidente
Polícia
JD1TV: Recém-nascido é abandonado em caixa no Aero Rancho
Polícia
Motociclista colide em carreta e morre em Campo Grande
Polícia
"Heroizinho", bombeiros se comovem em resgate de recém-nascido