Menu
Menu
Busca domingo, 19 de maio de 2024
TJMS Maio24
Geral

Para ministro da Defesa, caso de Renan Calheiros foi "impasse institucional"

Jungmann disse que houve "teste de limites" dos Poderes

09 dezembro 2016 - 07h35Agência Brasil

O ministro da Defesa, Raul Jungmann, referiu-se ontem (8) como “impasse institucional” ao conflito entre o ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Marco Aurélio de Mello e a Mesa Diretora do Senado envolvendo a liminar que afastava o presidente da Casa, Renan Calheiros. Para ele, com a votação no Plenário do STF, a questão foi resolvida “por quem de direito”.

“O Senado entendia que uma decisão como essa, da remoção de um presidente de um Poder, deveria ser objeto de uma apreciação do Plenário. Já o ministro Marco Aurélio entendia que uma liminar monocrática seria suficiente. Não creio que necessariamente tenha ocorrido um 'acordão', mas uma interpretação feita pelo Supremo Tribunal Federal”, declarou.

Para o ministro, houve um “teste dos limites dos Poderes”. Questionado se o descumprimento da liminar concedida por Marco Aurélio de Mello poderia gerar insegurança jurídica, Jungmann citou o caso do ex-deputado federal Natan Donadon como exemplo de que não se tratou de uma situação inédita. Em 2013, Donadon tornou-se o primeiro deputado em exercício a ter a prisão decretada pela Suprema Corte desde a Constituição de 1988.

"Esses impasses já ocorreram no passado. O caso do Donadon, eu me lembro muito bem. A cassação do mandato dele a quem caberia, em última instância? Ao Supremo ou ao plenário [da Câmara dos Deputados]? Ninguém, ali, arguiu que se estava desrespeitando o Supremo Tribunal Federal”, comentou. Natan Donadon acabou sendo cassado por seus pares em fevereiro de 2014.

O ministro afirmou ainda não ter dúvidas de que Renan Calheiros teria cumprido a decisão do plenário do STF caso esta tivesse sido favorável ao afastamento da presidência do Senado. Ontem (7), por 6 votos a 3, o Plenário decidiu mantê-lo no cargo, mas afastá-lo da linha sucessória da Presidência. da República.

Reportar Erro

Deixe seu Comentário

Leia Também

Imagem da decolagem da New Shepard em 19 de maio de 2024
Geral
Voo com seis turistas pousa em segurança após 10 minutos no espaço
Ator Tony Ramos
Geral
Tony Ramos sai da UTI depois de cirurgia para retirar coágulo no cérebro
Ninguém acerta e prêmio da Mega-Sena sobe para R$ 37 milhões
Geral
Ninguém acerta e prêmio da Mega-Sena sobe para R$ 37 milhões
Frigorífico da JBS
Oportunidade
Frigorífico abre 150 vagas de emprego na Capital; não é necessário experiência
Doações levadas até o RS
Geral
Avião da FAB leva 20 toneladas de ração para pets do Rio Grande do Sul
Idoso passa bem
Geral
Idoso de 87 anos é resgatado após desaparecer em mata fechada
Bilhete da Mega-Sena
Geral
Bora apostar? Mega-Sena sorteia prêmio acumulado em R$ 30 milhões neste sábado
Criança é resgatada de apartamento em chamas em Farroupilha
Geral
JD1TV: Menino de 6 anos é resgatado de apartamento em chamas
SOS Rio Grande do Sul: TCE promove campanha para ajudar vítimas das chuvas
Geral
SOS Rio Grande do Sul: TCE promove campanha para ajudar vítimas das chuvas
Procuradoria-Geral do Estado de Mato Grosso do Sul
Geral
Inscrições para estágio e residência jurídica na PGE-MS seguem até terça-feira

Mais Lidas

Recurso financeiro "deixou de ser problema", diz Puccinelli sobre campanha
Política
Recurso financeiro "deixou de ser problema", diz Puccinelli sobre campanha
Sem vergonha, homem se esfrega em mulher durante show evangélico; vídeo
Polícia
Sem vergonha, homem se esfrega em mulher durante show evangélico; vídeo
Ele estava levando um passageiro quando o acidente aconteceu; os dois foram socorridos pelo SAMU
Polícia
JD1TV AGORA: Motoqueiro de aplicativo acerta árvore em rua do Centenário
Baderneiro morre ao ser baleado por sargento da PM a paisana na Lord Pub
Polícia
Baderneiro morre ao ser baleado por sargento da PM a paisana na Lord Pub