Menu
Busca domingo, 05 de fevereiro de 2023
(67) 99647-9098
Geral

Patrícia Cozzolino é nova secretária de Assistência Social e Direitos Humanos

A titular conduzirá programas sociais importantes como o "Mais Social" e "Energia Social: Conta de Luz Zero"

25 janeiro 2023 - 13h13Taynara Menezes
Sebrae Materia

Patrícia Elias Cozzolino de Oliveira foi anunciada, nesta quarta-feira (25), como nova secretária de Assistência Social e Direitos Humanos de Mato Grosso do Sul. Ela estava no cargo de defensora pública-geral, agora ela conduzirá programas sociais importantes como o “Mais Social” e “Energia Social: Conta de Luz Zero” e outras ações dentro da pasta.

O governador, Eduardo Riedel, destacou os motivos da escolha. “Ela vai assumir um cargo estratégico no Estado para defender as pessoas mais vulneráveis. Escolhemos a Patrícia por ter total competência e capacidade para conduzir a pasta, que tem programas essenciais de transferência de renda, mas que queremos ir além, ousar muito mais. Somos o Estado que mais cresce no Brasil, e nosso compromisso é não deixar nenhum sul-mato-grossense para trás”, afirmou.

Patrícia Cozzolino disse que vai dar o máximo para oferecer um serviço de excelência. “Foi uma decisão difícil e até demorada, onde aceitei este desafio para trabalhar principalmente para atender a camada de extrema pobreza da população. Fiz esta escolha para ter a oportunidade de expandir ainda mais o serviço que fazia na Defensoria”, completou.

Riedel se reuniu com o Conselho Superior da Defensoria Pública hoje para pedir a cedência de Patrícia Cozzolino para fazer parte do Governo do Estado. “Vim aqui buscar o aval deste conselho, para que ela agora possa dar esta grande contribuição ao Estado” pontuou o governador.

O presidente do Conselho, o defensor-público Homero Lupo Medeiros, elogiou a atitude do governador em ir pessoalmente pedir a cedência da nova secretária. “Isto mostra respeito e compromisso com a Defensoria. O governador veio aqui pessoalmente fazer este pedido. A ida de Patrícia (Cozzolino) ao Governo será muito importante para Mato Grosso do Sul por sua capacidade, visão estrutural e de mundo”.

Homero Lupo Medeiros vai assumir a função defensor público-geral em exercício, até a realização da nova eleição da Defensoria Pública, que deve ter edital publicado na próxima segunda-feira (30) com as regras e período de inscrição dos candidatos.

Currículo:

Patrícia Elias Cozzolino de Oliveira: Graduada em Direito pela Universidade Federal de Mato Grosso, a defensora pública é professora convidada em diversos cursos de pós-graduação. Doutora em direito processual civil pela PUC/SP, mestra em direito constitucional e especialista em direito processual penal.

Entrou na Defensoria Pública de Mato Grosso do Sul em 1997 e atuou como defensora em cidades como Rio Verde de Mato Grosso, Pedro Gomes, Ribas do Rio Pardo, Três Lagoas e Campo Grande. Foi Diretora da Escola Superior da Defensoria Pública e primeira subdefensora-geral do Estado. Assumiu o cargo de defensora pública-geral em maio de 2021.

Sebrae Materia

Deixe seu Comentário

Leia Também

Geral
Governo envia nova comitiva para prestar socorro à indígenas Yanomami
Geral
Já apostou? Mega-Sena sorteia R$ 135 milhões neste sábado
Geral
Mutirão da CNH Social acontece hoje no Pátio Central Shopping
Geral
Você e seus amigos na área Vip: JD1 sorteia ingressos para o Campo Grande Musik
Geral
JD1TV: Show é interrompido após "peidinho" dentro de bar
Geral
Corpo de Bombeiros orienta motoristas em caso de acidentes no trânsito
Geral
Janine segunda-feira às 9h no JD1
Geral
Alexandre de Moraes confirma conversa com senador Marcos do Val
Informe Publicitário
Sebrae/MS apresenta principais ações para apoiar pequenos negócios em 2023
Geral
Morre o estilista espanhol Paco Rabanne

Mais Lidas

Polícia
Mãe desaparece com filho de 6 anos e preocupa família na Capital
Interior
Raio mata 16 cabeças de gado e causa prejuízo de R$ 60 mil a pecuarista de MS
Polícia
Entregador de aplicativo é preso enquanto fazia entregas de "disk droga"
Polícia
Colisão entre carro e viatura do Batalhão do choque deixa feridos na Capital