Menu
Busca quarta, 16 de janeiro de 2019
(67) 99647-9098
IPVA Grande
Geral

Período do vazio sanitário em MS começa nesta sexta

Até o dia 15 de setembro, produtor rural não poderá cultivar soja em todo o estado

14 junho 2018 - 17h26Da redação com Assessoria

A Associação dos Produtores de Soja de Mato Grosso do Sul (Aprosoja/MS) divulgou nota informando aos produtores que entre os dias 15 de junho e 15 de setembro, não poderá haver, em nenhuma fazenda do estado, plantações de soja.

Este período é denominado Vazio Sanitário e está previsto na resolução da Semagro, de 2017. O Vazio Sanitário busca garantir o controle e a prevenção da ferrugem asiática da soja, uma doença causada pelo fungo Phakopsora pachyrhizi, que causa redução na produtividade por conta dos seus efeitos e danos à planta.

De acordo com o Consórcio Antiferrugem, da Embrapa, na safra 2017/18 foram contabilizados, no estado, 114 focos da doença, com aumento de 78% em relação à temporada anterior, de 64 ocorrências.

“É um dado alarmante e que mostra que o produtor rural precisa ficar atento e tomar as medidas necessárias, respeitando o período estabelecido por lei. Vale destacar que, caso a Iagro localize ou identifique plantas de soja nesse intervalo, o produtor estará passível de multa”, ressalta o presidente da Aprosoja/MS, Juliano Schmaedecke.

Sesc Novo

Deixe seu Comentário

Leia Também

Geral
Pais devem verificar "abusos" em lista de materiais escolares, diz Procon
Geral
Porta voz de Bolsonaro foi comandante de regimento em MS
Geral
“Não compensa”, diz sindicalista sobre tempo integral no governo
Geral
Cachorro tem boca "selada" com fita adesiva, em Rio Brilhante
Geral
Abelhas matam idosa de 81 anos
Geral
Serviços do Detran estão fora do ar nesta segunda
Geral
Sargento morre após helicóptero da PM cair durante patrulha
Geral
Alvará ambiental para bares da capital é tema de discussão
Geral
Bolsonaro comemora prisão de Battisti e diz que “Justiça será feita”
Geral
Mega acumula e pode pagar R$ 25 mi na terça-feira

Mais Lidas

Polícia
Após corte de energia em “região proibida”, dois funcionários são executados
Polícia
Suspeito de matar merendeira já foi preso por morder genitália de vizinha
Geral
“Não compensa”, diz sindicalista sobre tempo integral no governo
Cidade
Motorista de ônibus morre em acidente na BR-163