Menu
Menu
Busca quarta, 24 de abril de 2024
Geral

PF abre inquérito para investigar acontecimentos de Caarapó

Conflito com indígenas deixou um Guarani-Kaiowá morto

17 junho 2016 - 09h08Da redação com assessoria

Após os conflitos acontecidos entre fazendeiros, polícia e indígenas na região do Caarapó na última semana, a Polícia Federal instarou, através da Delegacia da PF em Dourados,  inquérito policial para apurar os fatos ocorridos entre os dias 12 e 15 de junho do corrente ano, que acabou resultando em agressões, roubo, danos ao patrimônio público e cárcere privado de equipe de Policiais Militares que inicialmente atendeu ocorrência. O conflito resultou em um indígena morto e cinco gravemente feridos, que ainda se encontram internados. 

De acordo com servidores da Funai, o número de feridos deve ser ainda maior porque os indígenas se dispersaram pelo território, em fuga, com a chegada de cerca de 200 caminhonetes, motocicletas, cavalos e trator usados por pistoleiros, capangas e homens que chegaram atirando contra o acampamento em que os Guarani e Kaiowá estavam na Fazenda Yvu, incidente sobre a terra indígena, atualmente em processo de demarcação pelo Minitério da Justiça (MJ).

A Polícia Federal, em nota, esclarece que "as funções de polícia judiciária da União, exercida pela Polícia Federal, neste primeiro momento, é a preservação da ordem pública, incolumidade das pessoas e término das agressões, para que haja segurança e tranquilidade na realização dos trabalhos periciais naquele local de conflito e desta forma prosseguir nos demais atos investigatórios, primordiais na apuração das autorias e materialidades delitivas, a fim de que sejam responsabilizados todos aqueles que praticaram crimes, independentemente do grupo a qual pertençam, com a maior brevidade possível." 

Reportar Erro

Deixe seu Comentário

Leia Também

Foto: Redes sociais
Geral
Morte do Golden 'Joca' será investigada pela ANAC
Prefeitura melhora iluminação e faz manutenção de espaços públicos em bairros da Capital
Geral
Prefeitura melhora iluminação e faz manutenção de espaços públicos em bairros da Capital
Fachada do TCE-MS
Interior
TCE 'barra' chamamento público de R$ 12 milhões para gerenciamento de saúde em Selvíria
Cigarro eletrônico
Geral
Anvisa publica resolução que proíbe cigarro eletrônico no Brasil
Dinheiro apreendido na operação contra o grupo criminoso -
Interior
Ex-pregoeira presa em Sidrolândia alega ser mãe solteira e pede liberdade
Waldecy Batista Nunes, o "Chocolate" -
Cidade
Ex-vereador "Chocolate" assume cargo na Câmara Municipal de Campo Grande
Renovação Carismática Católica realiza 3ª ação 'Abraço do Pai' neste sábado
Geral
Renovação Carismática Católica realiza 3ª ação 'Abraço do Pai' neste sábado
Ninguém acerta e Mega-Sena acumula em R$ 6 milhões para quinta-feira
Geral
Ninguém acerta e Mega-Sena acumula em R$ 6 milhões para quinta-feira
IPVA vencido poderá ser pago de maneira parcelada em MS
Geral
IPVA vencido poderá ser pago de maneira parcelada em MS
Copa Acrissul do Laço Comprido inicia 2º etapa nesta sexta-feira
Geral
Copa Acrissul do Laço Comprido inicia 2º etapa nesta sexta-feira

Mais Lidas

AGORA: Capitão do Batalhão de Choque morre na Capital
Polícia
AGORA: Capitão do Batalhão de Choque morre na Capital
Capitão Leonardo Mense partiu durante a noite de sábado (21)
Polícia
'Imenso legado': Capitão Mense é homenageado por autoridades e instituições de MS
 Ministério Público de Mato Grosso do Sul (MPMS) -
Justiça
MPMS investiga fraude em concurso da prefeitura de Sonora e recomenda suspensão
"Eu não tenho dúvida que o Beto Pereira terá capacidade, se eleito for, de fazer as grandes transformações e reformas que Campo Grande precisa", enfatiza ex-governador.
Política
JD1TV: Reinaldo diz que problemas locais "pesarão mais" que Bolsonaro