Menu
Menu
Busca segunda, 22 de abril de 2024
TJMS Abril24
Geral

PMA autua mais um pecuarista por degradação de nascentes e matas ciliares de afluentes do rio da Pra

25 junho 2016 - 07h48PMA

 Policiais Militares Ambientais de Bonito trabalham intensivamente realizando levantamentos de degradações de áreas de várzeas e nascentes do rio da Prata, em várias propriedades rurais no município de Jardim e Bonito. Cinco fazendas já foram autuadas. Uma foi multada em R$ 13 milhões, outra em R$ 520 mil, mais uma em R$ 3,5 milhões e uma em R$ 50 mil por irregularidades ambientais.

Na fazenda Figueira, localizada no município de Jardim, a 65 km da cidade de Bonito cuja vistoria ocorre desde o dia 17 deste mês, um agrônomo arrendatário foi multado em R$ 3,3 mil e um agricultor, arrendatário de área da mesma fazenda foi multado em R$ 4 mil.

Ontem (24) foram concluídos os levantamentos dessa fazenda Figueira e o proprietário foi autuado por irregularidades ambientais. Em princípio foi constatada pelos Policiais a criação de gado dentro de área de Preservação Permanente (APP). Não havia cercamento das áreas protegidas dos córregos Sucuri, afluente do rio da Prata, sendo que as áreas de matas ciliares e nascentes estavam sendo pisoteadas pelo gado e degradadas, especialmente com surgimento de erosões nas imediações e de margens do curso d’água.

Não foram preservadas ás áreas de matas ciliares, que nas margens do córrego deveriam ser de 30 metros e das nascentes de 50 metros. Medida em GPS, a área afetada perfez 46 hectares. Em vários trechos de preservação havia atividade de agricultura. A falta de cuidados com o solo, que gerou erosões e assoreamento dos mananciais, contribui com aumento da turbidez da água do rio da Prata, tendo em vista que os cursos d’água afetados e nascentes são afluentes deste rio.

As atividades irregulares foram interditadas e o proprietário da fazenda, de 39 anos, residente em Campo Grande, foi autuado administrativamente e multado em R$ 2,3 milhões. Ele também responderá por crime ambiental de destruir área de preservação permanente e poderá pegar pena de prisão de um a três anos.

O autuado foi notificado a apresentar plano de recuperação da área degradada (PRADE), junto ao órgão ambiental. Os autos também serão encaminhados ao Ministério Público para possível abertura de ação civil pública de reparação dos danos ambientais.

Os levantamentos continuarão nas demais propriedades suspeitas de irregularidades. São levantamentos terrestres, por imagens de satélites, fotografias e vídeos aéreos, no sentido de se levantar as ilegalidades e avaliar os danos ambientais, para a aplicação inicial das multas administrativas, que serão julgadas pelo Instituto de Meio Ambiente de Mato Grosso do Sul (Imasul), bem como para subsidiar a parte criminal e para servir de base para o Ministério Público, em possível ação civil pública para a reparação dos danos ambientais.

Reportar Erro

Deixe seu Comentário

Leia Também

Entregas podem ser feitas no SAC ou na Sala de Acolhimento Espiritual da Santa Casa
Geral
Santa Casa pede ajuda com doações de roupas, fraldas e kit maternidade
Riedel se solidariza com militares e familiares de Capitão Mense do Choque
Geral
Riedel se solidariza com militares e familiares de Capitão Mense do Choque
Observação
Geral
'Cometa do Diabo' fica visível em todo o Brasil neste domingo
Mani e Davi
Geral
Mani Rego se pronuncia sobre separação com Davi
Sindicato das Empresas de Transporte cobra duplicação da BR-163 e fiscalização da ANTT
Geral
Sindicato das Empresas de Transporte cobra duplicação da BR-163 e fiscalização da ANTT
Instituto de Meio Ambiente de Mato Grosso do Sul
Geral
Imasul divulga concurso público com salários que vão de R$ 2.886 a R$ 7.501
Davi e Mani Rêgo
Geral
"Vai procurar outro assunto", diz Davi sobre boatos de separação com a esposa
Trabalhador da coleta de lixo é atropelado durante o serviço no Aero Rancho
Geral
Trabalhador da coleta de lixo é atropelado durante o serviço no Aero Rancho
Foto: Osvaldo Duarte/Dourados News
Geral
Breja pra todo lado: Carreta tomba e espalha cerveja no anel viário de Dourados
Ainda dá tempo; Mega-Sena sorteia R$ 100 milhões neste sábado
Geral
Ainda dá tempo; Mega-Sena sorteia R$ 100 milhões neste sábado

Mais Lidas

AGORA: Capitão do Batalhão de Choque morre na Capital
Polícia
AGORA: Capitão do Batalhão de Choque morre na Capital
Emocionados, vários miliares acompanharam o velório do Capitão
Polícia
Velório de Capitão do Choque arrancou lágrimas até dos mais "durões"
Capitão Leonardo Mense partiu durante a noite de sábado (21)
Polícia
'Imenso legado': Capitão Mense é homenageado por autoridades e instituições de MS
JD1TV: Mulher morre ao ser atropelada várias vezes pelo namorado na Capital
Polícia
JD1TV: Mulher morre ao ser atropelada várias vezes pelo namorado na Capital