Menu
Busca terça, 14 de julho de 2020
(67) 99647-9098
Governo dengue 03 - tarde demais
Geral

Prefeitura quer recuperar 50 mil inscrições com débitos ajuizados

24 outubro 2010 - 11h54
A existência de uma meta estabelecida pelo CNJ (Conselho Nacional de Justiça) aos tribunais de justiça de todo o país em reduzir em 20% o número de processos em tramitação, de acordo com o secretário municipal de Planejamento, Finanças e Controle, Paulo Sérgio Nahas, motivou a Prefeitura de Campo Grande a colocar em prática um programa de recuperação de dívida já ajuizada. O programa aprovado pela Câmara de Vereadores entrou em vigor no dia 18 de outubro e vai até o dia 22 de dezembro. Com isso a municipalidade espera oportunizar aos 50 mil inadimplentes condições para que possam quitar suas dívidas usufruindo de inúmeros benefícios oferecidos pela Prefeitura. “O contribuinte que tem débito ajuizado com o município de 2005 para trás, a Prefeitura está concedendo descontos generosos para a quitação desses valores”, realçou Paulo Nahas, acrescentando que o programa vale somente para o pagamento a vista. O secretário explicou que os débitos anteriores a 1997 estão sendo contemplados com desconto de 100% de juros de mora e 60% no principal. Nahas foi enfático ao prazo que esta sendo oferecido. “Existem dois vencimentos: um no dia 10 de novembro (o primeiro vencimento dá um benefício maior para o contribuinte); outro no dia 22 de dezembro” argumentou. Por entender que a população tem que aproveitar essa oportunidade, o secretário de Planejamento, Finanças e Controle disse que quem não atender ao chamamento ficará com o nome sujo na praça, além de correr o risco de perder o imóvel. Nahas informou que nos próximos dias a Prefeitura encaminhará para cada um dos contribuintes em situação de inadimplência uma carta contendo todas as informações sobre o programa de recuperação de crédito (valor do débito, valor do desconto e o endereço da Central de Atendimento, à Rua Arthur Jorge, 500 – antigo prédio da Câmara Municipal). Outra ferramenta que o secretário julga de extrema importância para o contribuinte é o telefone 156 que funciona das 7h30min às 20 horas, inclusive aos sábados.
Vacinne

Deixe seu Comentário

Leia Também

Geral
Prefeitura multa Consórcio Guaicurus em R$ 12 milhões
Geral
Carnaval no Rio pode acontecer só em junho
Geral
Governo amplia prazo de redução de jornada e suspensões de contratos
Geral
Orro quer proibir atos públicos para evitar aglomerações
Geral
Aos 27 anos, Adalberto perde a luta contra o coronavírus
Geral
Saque de auxílio emergencial é liberado para beneficiários do 3º lote
Geral
Mãe pede leite, remédio ou dinheiro para salvar bebê com anomalia
Geral
Funsat encaminha mulheres vítimas de violência ao mercado de trabalho
Geral
Licenciamento de veículos pode ser emitido online
Geral
Blogueira de MS afirma estar com Covid-19 e faz “recebidos” de vitaminas

Mais Lidas

Polícia
Ex-patroa é denunciada por abandono de incapaz que resultou em morte
Saúde
Ministério Público solicita inspeção em frigoríficos no interior
Polícia
Comerciante foi morta porque reconheceu voz de ex-funcionário, diz investigação
Política
“Caso de polícia”, diz Fábio sobre fake news de lockdown na capital