Menu
Busca domingo, 22 de maio de 2022
(67) 99647-9098
Tjms Maio22
Geral

Prisão de tenente que matou marido é revogada

19 julho 2016 - 18h57Da redação

Decisão do juiz Alexandre Ito, da 2ª Vara do Tribunal do Júri, nesta terça-feira (19), revogou o pedido de prisão preventiva contra a tenente-coronel da Polícia Militar (PM) Itamara Nogueira, acusada de matar o marido, major da PM Valdeni Lopes Nogueira. Ao G1 o advogado José Roberto Rodrigues da Rosa disse que a tenente foi liberada do Presídio Militar.

O juiz Alexandre Ito, da 2ª Vara do Tribunal do Júri, revogou o pedido de prisão preventiva contra a tenente-coronel da Polícia Militar (PM) Itamara Nogueira, que é acusada de matar o marido, o major da PM Valdeni Lopes Nogueira. Decisão foi tomada nesta terça-feira (19).

Depoimentos de algumas testemunhas na 7ª Delegacia de Polícia, afirma que existem relatos de violência doméstica desde 2014. O casal tinha viagem marcada um dia após o crime.

A viagem seria em comemoração ao 15º aniversário de casamento, a discussão teria começado porque Valdeni havia mandado sua mulher viajar sozinha. Ele a agrediu e disse que atiraria seu rosto. 

Energisa

Deixe seu Comentário

Leia Também

Geral
Prefeito de Pedro Juan Caballero morre após atentado
Geral
Com 80 lotes de veículos, Detran-MS abre leilão para sucata inservível e aproveitável
Geral
O drama de Delinha
Geral
Campanha do Agasalho: saiba onde doar itens de inverno para cães e gatos na Capital
Geral
Sextou sem dindin: Caixa e Nubank apresentam instabilidade
Geral
Mãe entra em trabalho de parto e bebê nasce na BR-163 na Capital
Geral
Unicef critica aprovação da educação domiciliar na Câmara
Geral
Gusttavo Lima para carro e aplaude fã que cantava sua música; vídeo
Geral
JD1TV: "Motivo de orgulho", diz Longen em comemoração à indústria
Geral
Sérgio Martins toma posse hoje na Academia de Letras de MS

Mais Lidas

Polícia
Assassinato de jovem no Aero Rancho pode ter sido motivado por vingança
Polícia
JD1TV: Jovem de 21 anos é morto a tiros no Aero Rancho
Geral
O drama de Delinha
Polícia
Motociclista que morreu após acidente na Joaquim Murtinho não tinha CNH