Menu
Menu
Busca quarta, 22 de maio de 2024
TJMS Maio24
Geral

Doações para entidades de saúde poderão ser deduzidas do Imposto de Renda

O relator da proposta afirmou que a proposta aprovada vai proporcionar mais recursos para a atenção à saúde

23 novembro 2022 - 13h34Da redação/Agência Brasil

A Comissão de Seguridade Social e Família da Câmara dos Deputados aprovou projeto que permite a dedução no Imposto de Renda (IR) de doações feitas por pessoas físicas e jurídicas a entidades públicas ou sem fins lucrativos que atuem na área da saúde.

Relator da proposta, o deputado Dr. Luiz Ovando (PP-MS) foi favorável à aprovação do Projeto de Lei 3079/19, de autoria da deputada Liziane Bayer (Republicanos-RS). No entanto, fez algumas alterações no texto original, na forma de substitutivo, que engloba a proposta aos quatro apensados (PLs 4886/19, 3266/20, 1911/21 e 4532/21), que também tratam de incentivos para a saúde.

Ovando afirmou que a proposta aprovada vai proporcionar mais recursos para a atenção à saúde. “Considerando a elevada demanda do setor saúde e a carência crônica de recursos, o tema é relevante”, disse.

Regras - Pelo substitutivo, as doações serão limitadas a 6% do imposto devido para as pessoas físicas e 2% para as jurídicas tributadas com base no lucro real. A doação não poderá ser efetuada a entidade vinculada ao doador. Ato do Poder Executivo estabelecerá a forma e os critérios para o recebimento dos recursos.

O incentivo poderá ser direcionado a entidades beneficentes de assistência social, organizações sociais, Organizações da Sociedade Civil de Interesse Público (Oscips) e unidades de saúde da União, dos estados, do Distrito Federal ou dos municípios.

As doações poderão se dar de diversas formas, como transferência de quantias em dinheiro, transferência de bens e fornecimento de material. Os recursos objeto de doação deverão ser depositados e movimentados em conta bancária específica, em nome do destinatário.

Tramitação - O projeto tramita em caráter conclusivo e será analisado agora pelas comissões de Finanças e Tributação; e de Constituição e Justiça e de Cidadania (CCJ).

Reportar Erro

Deixe seu Comentário

Leia Também

RS recebe casas montáveis enviadas pela ONU
Geral
RS recebe casas montáveis enviadas pela ONU
Morre, aos 58 anos, Charlie Colin, um dos fundadores do Train
Geral
Morre, aos 58 anos, Charlie Colin, um dos fundadores do Train
Instituto Homem Pantaneiro seleciona jovens aprendizes de 16 a 20 anos
Geral
Instituto Homem Pantaneiro seleciona jovens aprendizes de 16 a 20 anos
Lançamento foi nesta quarta-feira (22)
Geral
Bioparque lança PPBio Pantanal: Capital Natural
Declaração foi feita pelo padre Paulo Santos durante missa
Geral
JD1TV: Padre de MS associa tragédia no RS com centros de macumba, "abraçou a bruxaria"
Ator Tony Ramos
Geral
Tony Ramos recebe alta do CTI após segunda cirurgia cerebral
Em meio a chuvas, Rio Grande do Sul confirma 2ª morte por leptospirose
Geral
Em meio a chuvas, Rio Grande do Sul confirma 2ª morte por leptospirose
Não caia em golpes
Geral
ATENÇÃO! Detran alerta sobre golpes com "sites dublês" no pagamento do IPVA
Foto: Divulgação
Geral
Em 20 dias, Correios arrecadaram mais de 15 mil toneladas em doações para o RS
Sede do Tribunal de Contas de Mato Grosso do Sul - TCE/MS
Justiça
TCE-MS suspende leilão de veículos em Paranaíba por indícios de irregularidades

Mais Lidas

Rapper morr3 após atirar na cabeç4 ao gravar vídeo; assista
Geral
Rapper morr3 após atirar na cabeç4 ao gravar vídeo; assista
O motociclista foi carbonizado durante a colisão
Polícia
Pneu estourado teria causado acidente que matou motociclista carbonizado na BR-163
Motociclista morreu ao ser carbonizado durante acidente
Polícia
JD1TV AGORA: Motociclista morre carbonizado em acidente na BR-163, em Campo Grande
Francisco Cezário é alvo de operação do Gaeco em Campo Grande
Polícia
Francisco Cezário é alvo de operação do Gaeco em Campo Grande