Menu
Busca segunda, 21 de junho de 2021
(67) 99647-9098
Senar - junho21
Geral

Reinaldo assina decreto de conversão de multas ambientais e entrega equipamentos

O governador ressalta que a conversão vai desburocratizar e simplificar a preservação

08 fevereiro 2019 - 11h17Da redação

Com o objetivo de substituir a multa pecuniária por serviços de preservação, o governador Reinaldo Azambuja assinou nesta sexta-feira (8), o decreto estadual de conversão de multas ambientais que vai garantir a melhoria e recuperação da qualidade do meio ambiente.

Reinaldo explicou que a conversão vai desburocratizar e agilizar o recebimento dos recursos para a preservação ambiental, sem comprometer a recuperação do dano. “É totalmente possível ter crescimento econômico com preservação ambiental. Não é incompatível você crescer o País e preservar as belezas naturais, os rios, e ter políticas públicas efetivas. Nós precisamos cada vez mais trabalhar com algo que aflige a sociedade brasileira: precisamos simplificar, desburocratizar. Nós temos um excesso de normas, resoluções e instruções, que foram inchando o Brasil. Desburocratizar e simplificar não significa ‘liberou geral’, como alguns estão dizendo”, afirmou.

Os recursos serão aplicados em projetos a serem definidos pelo Instituto de Meio Ambiente do Mato Grosso do Sul (Imasul), contribuindo para o equilíbrio ecológico. Em contrapartida, os interessados terão desconto no valor final da multa.

Para o secretário de Estado de Meio Ambiente, Desenvolvimento Econômico, Produção e Agricultura Familiar, Jaime Verruck, a conversão é uma opção oferecida a quem for multado e que agiliza o recebimento de valores para a preservação ambiental, o que já acontece em âmbito federal. “O Governo Federal já assinou decreto para a conversão de multas no ano passado. A ideia é que estimule que essas multas não sejam judicializadas e o prolongamento. Hoje, boa parte das multas acabam passando muitos anos para serem convertidas, canceladas ou efetivadas. A ideia da conversão é dar ao empresário uma opção. E quando se multa, o empresário tem que reparar o dano do mesmo jeito”, disse.

Equipamentos

Nesta sexta-feira, Reinaldo Azambuja também realizou entrega de equipamentos à Polícia Militar Ambiental (PMA), no valor de R$ 1,274 milhão. Por meio de compensação ambiental paga pela Companhia Energética de São Paulo (Cesp), foram adquiridos e entregues 17 barcos, 9 lanchas, 28 motores de popa, 5 reboques e 4 rebocadores. 

Também foram entregues para atender o Instituto de Meio de Mato Grosso do Sul (Imasul) seis camionetes modelo. Um investimento no valor de 796.800,00.

Senar - square junho21

Deixe seu Comentário

Leia Também

Geral
Vídeo: Nativas pega fogo, mas incêndio já está controlado
Geral
Jovem de 24 anos morre 73 dias depois de acidente de trânsito
Geral
Mulher recusa atendimento após capotar veículo na BR-060
Geral
Caixa paga hoje 3ª parcela do auxílio emergencial para nascidos em março
Geral
Marcelo Bertoni, será o novo presidente da Famasul
Geral
Carreta da Justiça retoma atendimentos nesta segunda-feira
Geral
Aposta única fatura prêmio de R$ 7 milhões da Mega-Sena
Geral
PF pede indiciamento de Trutis em quatro crimes após concluir que ele simulou atentado
Geral
Mega-Sena pode pagar R$ 7 milhões em sorteio deste sábado
Geral
Caixa paga 3ª parcela do auxílio emergencial para nascidos em fevereiro

Mais Lidas

Polícia
Mulher é levada para dentro da mata por bandidos e morta com tiro na cabeça
Polícia
Casal briga e vizinho tenta intervir mas passa mal e morre
Saúde
Jovem de 17 anos, sem comorbidades, está entre as 38 vítimas da covid em 24h
Saúde
Lote com 97.500 doses de vacina contra covid chegam hoje a MS