Menu
Menu
Busca sábado, 25 de maio de 2024
Secovi
Geral

Reinaldo fecha governo com 73% de aprovação

Pesquisa Ranking mostra reconhecimento ao governo de Azambuja

22 dezembro 2022 - 10h45Taynara Menezes     atualizado em 22/12/2022 às 10h55

Reinaldo Azambuja (PSDB) encerra o ciclo de dois mandatos, oito anos de administração, como governador de Mato Grosso do Sul com 73% de aprovação da população, um dos índices mais altos na história, além de ser o governador que mais cumpriu promessas de campanha, segundo a pesquisa do Instituto Ranking realizada entre os dias 12 e 20 de dezembro, com 3 mil questionários, em 30 municípios do Estado.

Conforme a pesquisa, 48,4% da população afirmaram que Azambuja entrega o Estado “melhor” ou “muito melhor” (9,5%) do que os demais estados brasileiros, soma de indicadores positivos que equivale a 57,9% da opinião dos sul-mato-grossenses. Para 30% o governo foi “regular” e apenas para 18% não teve bom desempenho. Os demais 3,3% não responderam.

Em relação a nota que dariam à atual administração, pontuando de 0 a 10, a média alcançada pela atual gestão foi 7. Para 14,5% o governo foi nota 10; para 11% nota 9; para 26,5%, nota 8; para 14,5%, nota 7; para 8% nota 6.

A área com maior destaque no governo é a social, com 15,5% de citações, seguida do governo presente/obras nos municípios, 12%; investimento nos hospitais (9,9%); investimento em segurança (7,6%) e na educação, nas escolas em tempo integral (6,4%). O retorno dos impostos em forma de investimentos pontuou 5,5%.

Sobre o legado de Reinaldo Azambuja, a população lembrou da conquista do equilíbrio financeiro (11,7%), a boa qualidade da gestão (11,5%), o fato de não ter havido atraso de salários (9,3%); as edições das Caravanas da Saúde (8,2%) e, de novo, os programas sociais, com 7,8%.

A avaliação específica na saúde pontuou 28,5% de ótimo/bom e 44% de regular. O combate à pandemia recebeu nota média de 6,8% e a regionalização 6,1%.

Na segurança, o item que ganhou maior reconhecimento foi a apreensão de drogas (6,8%) e a elucidação de homicídios (6,1%). O crescimento contínuo do Estado alcançou 6,8%, mesmo índice da atração de investimentos privados e a qualidade da infraestrutura.

Trajetória 

Reinaldo Azambuja venceu as eleições de 2014 e interrompeu a polarização PMDB-PT vigente há duas décadas no Estado. Eleito, enfrentou diferentes crises, como grave recessão nacional que quase levou à ingovernabilidade os governos estaduais e municipais entre 2015-2016.

Depois de fazer o ajuste fiscal e inúmeras reformas, a retomada foi interrompida pela pandemia de Covid-19. Ou seja, dois 8 anos de governo, 5 foram de crise.

Reinaldo Azambuja é o único governador do MS que fez o seu sucessor, após dois mandatos. Ele deixa como legado o Estado que mais cresce no Brasil; o que mais faz investimentos por habitante; o 2o mais transparente, segundo o ranking dos Tribunais de Contas; o 3o como menor desemprego e uma das menores taxas de pobreza extrema do país.

 

Reportar Erro
Assembleia - Maio24

Deixe seu Comentário

Leia Também

Campanha do Agasalho
Geral
Areias da Esperança promove 'Campanha do Agasalho' para arrecadar roupas de frio
Mutirão para emissão de RG de PCDs
Geral
Prefeitura de Campo Grande realiza mutirão para emissão do novo RG de PCDs
Bilhete de aposta da Mega-Sena
Geral
Mega-Sena sorteia prêmio acumulado de R$ 47 milhões neste sábado
Vai pagar? Netflix aumenta preços de assinaturas no Brasil; confira os valores
Geral
Vai pagar? Netflix aumenta preços de assinaturas no Brasil; confira os valores
Atendentes na nova sede do Procon-MS
Geral
Após suspensão, Procon-MS retoma atendimentos por telefone e adota tecnologia VoIP
Tony Ramos deixa o hospital após passar por duas cirurgias cerebrais
Geral
Tony Ramos deixa o hospital após passar por duas cirurgias cerebrais
Sérgio Longen, presidente da FIEMS
Geral
Dia da Indústria: Longen destaca avanço do setor em Mato Grosso do Sul
Energisa abre turmas exclusiva para mulheres em curso de eletricista
Geral
Energisa abre turmas exclusiva para mulheres em curso de eletricista
Mega-Sena promoveu mais um sorteio
Geral
Mega-Sena acumula e prêmio salta para R$ 47 milhões
Corregedoria deve verificar in loco o funcionamento do TJMS
Justiça
Juiz do Amapá é investigado e afastado cautelarmente por ligações com facções

Mais Lidas

Amalha trabalhava como corretora de imóveis
Polícia
Corretora foi morta a pauladas por 'amigo' após não entrar em esquema de golpe
Amalha foi vítima de três sessões de espancamento antes de ser morta em Porto Seco
Polícia
Amalha foi vítima de três sessões de espancamento antes de ser morta em Porto Seco
Amalha era corretora de imóveis
Polícia
AGORA: Choque prende um dos autores do assassinato da corretora Amalha Mariano
O caso foi registrado na Depac Cepol em Campo Grande
Polícia
Mulher é ameaçada de morte por agiota na Capital: 'vai pagar por bem ou por mal'