Menu
Menu
Busca sexta, 24 de maio de 2024
Secovi
Geral

Rodovias de MS vão a leilão e investimentos podem passar de R$ 3 bilhões

A sessão de abertura dos envelopes com as propostas ocorre na tarde desta quinta-feira em São Paulo

09 novembro 2022 - 09h51Da redação, com informações do Governo do Estado    atualizado em 16/11/2022 às 08h06

A concessão de três rodovias localizadas na costa leste de Mato Grosso do Sul será leiloada na tarde desta quinta-feira (10) com investimento que pode chegar a R$ 3 bilhões.

No início da semana, a B3 já estava aberta para receber as propostas de empresas privadas interessadas em administrar o projeto de concessão destinado à adequação de capacidade, reabilitação, operação, manutenção e conservação das rodovias MS-112 e trechos das BR-158 e BR-436, beneficiando cerca de 230 mil habitantes dos municípios de Cassilândia, Paranaíba, Aparecida do Taboado, Inocência, Selvíria e Três Lagoas.

A região atendida tem como atividades econômicas a agropecuária, silvicultura e indústrias frigoríficas, de celulose e de açúcar.  O prazo de concessão é de 30 anos.

Conforme o Escritório de Parcerias Estratégicas (EPE), a concessão deve reduzir substancialmente o número de acidentes, gerar mais de 2,5 mil empregos diretos e indiretos, diminuir o tempo de deslocamento e dos custos com a manutenção dos veículos, gerar novas oportunidades de negócios na região e uma economia estimada em R$ 3 milhões ao ano, que é o valor investido atualmente na manutenção da rodovia.

São 413,9 quilômetros de extensão (incluído os 3,7 km da ponte rodoferroviária). A MS-112 vai do entroncamento com a BR-158, em Três Lagoas, até o entroncamento com a mesma rodovia federal, em Cassilândia, em uma extensão de 200,9 km. Já o trecho da BR-158 em concessão segue da Rodovia MS-306 (Cassilândia) até o entroncamento com a rodovia MS-444 (Selvíria), totalizando 194,9 km. E o da BR-436, do entroncamento com a rodovia BR-158, em Aparecida do Taboado, até o término da ponte rodoferroviária, em uma extensão de 18,10 km. 

Além de implantar acostamentos e dispositivos de retorno, terceira faixa e alargar pontes, entre outros investimentos, a empresa concessionária deverá oferecer socorro mecânico, médico, inspeção de tráfego, combate a incêndios, apreensão de animais e implantar seis Postos de Atendimento ao Usuário. 

O critério de julgamento da licitação é a maior oferta de outorga da concessão, sendo que os recursos serão revertidos ao Fundersul para a manutenção da malha rodoviária estadual. 

JD1 No Celular

Tenha em seu celular o aplicativo do JD1 e acompanhe em tempo real todas as notícias. Para baixar no IOS, clique aqui. E aqui para Android.

 

Reportar Erro
Assembleia - Maio24

Deixe seu Comentário

Leia Também

Energisa abre turmas exclusiva para mulheres em curso de eletricista
Geral
Energisa abre turmas exclusiva para mulheres em curso de eletricista
Mega-Sena promoveu mais um sorteio
Geral
Mega-Sena acumula e prêmio salta para R$ 47 milhões
Corregedoria deve verificar in loco o funcionamento do TJMS
Justiça
Juiz do Amapá é investigado e afastado cautelarmente por ligações com facções
TRE-MS desaprova contas do PSOL/MS e exige devolução de R$ 23 mil
Justiça
TRE-MS desaprova contas do PSOL/MS e exige devolução de R$ 23 mil
Imagem: Arquivo/
Justiça
PGE recorre para manter acordo de desmatamento no Parque dos Poderes
Sede do Tribunal de Contas de Mato Grosso do Sul - TCE/MS
Justiça
TCE-MS orienta gestores sobre condutas vedadas em ano eleitoral
 José Márcio Ferreira Dos Santos na viagem de 2016
Geral
Passando por 14 países, empresário irá ao Alaska sobre duas rodas
Horóscopo do dia - Veja a previsão para o seu signo 24/05/2024
Geral
Horóscopo do dia - Veja a previsão para o seu signo 24/05/2024
Silas e Aysla foram mortos por engano
Geral
Justiça aceita denúncia e torna réus acusados de morte de adolescentes na Capital
R$ 314 milhões "esquecidos" em processos podem ser devolvidos à população de MS
Justiça
R$ 314 milhões "esquecidos" em processos podem ser devolvidos à população de MS

Mais Lidas

Amalha era corretora de imóveis
Polícia
Mulher encontrada morta no Porto Seco era corretora de imóveis
Frio em Mato Grosso do Sul
Clima
Mínima de 7°C: MS pode registrar 'o dia mais frio do ano' nos próximos dias
Carro da corretora é encontrado no Indubrasil
Polícia
JD1TV AGORA: Carro de corretora morta é encontrado no Indubrasil
Amalha trabalhava como corretora de imóveis
Polícia
Corretora assassinada iria encontrar 'ex-paquera' para cobrar dívida de R$ 20 mil