Menu
Busca segunda, 25 de março de 2019
(67) 99647-9098
TJMS março-19
Geral

Santa Casa anuncia retomada dos transplantes de coração

12 julho 2011 - 15h55Denílson Secreta

Santa Casa, o maior hospital para atendimento de alta complexidade de todo o Mato Grosso do Sul deu, hoje, mais um passo na garantia da promoção da saúde para a população não apenas de Campo Grande, mas de outros municípios e países fronteiriços.

A diretoria do hospital anunciou a retomada dos transplantes de coração, interrompidos há alguns anos. Em solenidade nesta manhã, a Santa Casa entregou, também, a reestruturação do Centro de Terapia Intensiva (CTI) de transplantes e cirurgias do aparelho circulatório.

Para a reforma e equipamentos foram investidos investidos em torno de R$ 2,4 milhões, sendo o valor doado pelo empresário e pecuarista, Antonio Morais dos Santos, de 88 anos, que esteve presente à solenidade, juntamente com o prefeito Nelson Trad Filho; o presidente da Assembléia Legislativa de Mato Grosso do Sul, deputado Jerson Domingos; o diretor da Santa Casa, Salim Cheade; o chefe do serviço de cirurgia cardíaca da Santa Casa, João Jazbik e demais diretores do hospital.

Em seu discurso, Nelsinho agradeceu a preocupação e o ato de generosidade do pecuarista. "O gesto do senhor Antonio, um homem de atitude, vai permitir a retomada dos transplantes e cirurgias que até então estavam interrompidos.

Os equipamentos e essa estrutura reformada devolvem ao hospital as condições de melhor atendimento aos pacientes que dependem daqui.

Embora não tenhamos, ainda, atingido o que a sociedade e eu de maneira especial desejo para deixar o hospital em condições de atendimento digno - já que isso exige recursos, na maioria das vezes federais e não é feito no ato e agilidade que desejamos -, a Santa Casa nunca fechou as suas portas e quem aqui chega, recebe atendimento. Essa é a proposta. Esse hospital sempre foi prioridade da prefeitura", ressaltou o prefeito.

Nelson Trad Filho se lembrou dos esforços de sua administração para sanar os problemas da Santa Casa e as dificuldades enfrentadas.

"Seguimos na luta por viabilizar os recursos e fazer acontecer, como o Hospital do Trauma. Este é um exemplo e prova de que não estamos acomodados. Buscamos de todas as maneiras. Avaliamos, projetamos e, com muita luta, conseguimos dar andamento àquele prédio, até então abandonado. Gestos como o do senhor Antonio servem de exemplo para que a sociedade perceba que este hospital é um bem de todos nós. Só temos a agradecer essa generosidade", disse o prefeito ao entregar, junto com a direção do hospital, os 18 leitos novos equipados e prontos para o atendimento.

O empresário Antônio Morais, de 88 anos, falou da satisfação em promover a reforma da CTI de transplantes e doação dos equipamentos para atendimento do setor.

"A área da saúde é um setor que sempre admirei. Em minha opinião, isso deveria ser prioridade no Brasil. Infelizmente, grande parte dos políticos acaba investindo recursos naquilo que dá visibilidade imediata para o povo: asfalto, estradas, visando aos votos", apontou.

"Acompanho a Santa Casa desde o início e tive a oportunidade de observar cada administração e envolvimento do poder público. Não faço doação pensando na política, mesmo porque não a aprecio. Mas escolho homens de bem, como o prefeito Nelsinho, que a gente percebe a força de vontade e vê sua luta para trazer recursos de fora para resolver os problemas. E isso me motivou também a fazer a doação. Sou guiado por Deus e é ele quem direciona cada passo que devo tomar", salientou.

O chefe do serviço de cirurgia cardíaca da Santa Casa, João Jazbik, explicou que o hospital aguarda o aval do Ministério da Saúde para retomar os transplantes. "O CTI já está pronto para funcionar, estamos no aguardo do aval do Ministério da Saúde, que deve sair o mais tardar na próxima semana".

O cardidologista afirmou que, a partir da ativação dos transplantes de coração, Mato Grosso do Sul estará entre os seis estados brasileiros capacitados para tal procedimento. Atualmente, doze pessoas estão na fila para o transplante. Com a ativação do CTI, será feito cerca de um procedimento por mês, na Santa Casa.

Sesc Novo

Deixe seu Comentário

Leia Também

Geral
Indígenas liberam ponte após negociação
Geral
Jornalistas promovem workshop “Inove sua imagem”, na capital
Geral
Segue aberto prazo para cadastro na Agehab
Geral
Lances para leilão no Detran encerram nesta segunda
Geral
Governo divulga resultado do 37º Curso de Formação da Agepen
Geral
Índios fecham ponte que liga Paraná ao Mato Grosso do Sul
Geral
Cantor sertanejo morre em acidente na BR-163
Geral
Porto Murtinho se tornará o maior polo exportador de MS
Geral
Mulheres assinam 72% dos artigos científicos publicados pelo Brasil
Geral
Preço e confiança faz com que medicamentos genéricos cresçam no mercado

Mais Lidas

Polícia
Imagem Forte - Homem é executado com mais de 20 disparos em Ponta Porã
Política
Vídeo - Deputado apanha de vereador e sai machucado
Saúde
Ministério da Saúde faz campanha de alerta sobre tuberculose
Brasil
Diretor Domingos Oliveira morre aos 83 anos no Rio