Menu
Menu
Busca domingo, 16 de junho de 2024
Senar Junho24
Geral

Secretaria de Saúde de MS define repasses para o 'MS Vacina Pet'

Os recursos estão de acordo com a quantidade da população estimada de cães e gatos de cada Município

23 maio 2024 - 10h51Sarah Chaves

A Secretaria de Estado de Saúde publicou no Diário Oficial do Estado desta quinta-feira (23), a resolução que institui o Programa MS Vacina Pet, definindo o repasse de incentivo financeiro aos municípios que fizerem a adesão ao projeto para prevenção da raiva

O programa vem em consonância com a recomendação da Organização PanAmericana da Saúde para eliminação da raiva humana transmitida por cães no continente americano até 2030

Desde a década de 1980, a OMS incentiva a realização de campanhas para aumentar as coberturas vacinais em cães e gatos.

A campanha deverá ser gerida por cada município com a melhor metodologia, podendo ser vacinação de casa em casa, postos fixos, postos volantes e dia D de mobilização, combinadas ou não.

A campanha deverá ser executada, impreterivelmente, no prazo máximo de quatro meses, com início em 1° de agosto e término em 30 de novembro de 2024.

Os repasses estão de acordo com a quantidade da população estimada de cães + gatos de cada município.

Para Campo Grande que conforme a Secretaria de Estado de Saúde, tem 336.727 mil animais, serão R$ 100 mil. Ponta Porã, Corumbá e Três Lagoas receberam R$ 40 mil cada.

As cidades com as maiores populações de cães e gatos são Dourados que receberá R$ 45 mil, enquanto Caarapó ,Chapadão do Sul, Coxim, Rio Brilhante , Amambai ,Paranaíba, Maracaju , Aquidauana,  Sidrolândia, Nova Andradina e Naviraí receberão R$ 35 mil. Os demais valores de cada cidade está disponível no Diário Oficial desta quinta-feira.

Os municípios deverão ainda enviar relatórios para a SES e lançar semanalmente no Sistema e-vacine PETs durante toda a Campanha quantas doses foram aplicadas.

 

Reportar Erro

Deixe seu Comentário

Leia Também

Foto: Pixabay
Geral
Festival do Vinho terá degustação aberta ao público dia 28 de junho na Capital
Foto: Rovena Rosa Agência Brasil
Geral
Enel confirma investimento de R$20 bilhões para acabar com apagões no Brasil
Governador Eduardo Riedel ao lado do prefeito de Batayporã, Germino Roz
Geral
Investimento de R$ 23,3 milhões deve solucionar enchentes em Batayporã
Projeto busca incentivar consumo de plantas não convencionais
Geral
Projeto busca incentivar consumo de plantas não convencionais
Homem agride a esposa após achar que ela pegou sua carteira em Dourados
Geral
Homem agride a esposa após achar que ela pegou sua carteira em Dourados
Governador Eduardo Riedel na 46° edição da Expotrês
Geral
Na Expotrês, Riedel elogia inovações que aumentam produtividade do agro
Força-tarefa vai avaliar os pedidos de imigrantes acampados no Aeroporto de Guarulhos
Geral
Força-tarefa vai avaliar os pedidos de imigrantes acampados no Aeroporto de Guarulhos
JD1TV: "Caixa elétrica" aberta assusta transeuntes
Geral
JD1TV: "Caixa elétrica" aberta assusta transeuntes
Grupo convoca ato "Criança não é mãe" contra o PL 1904 neste sábado na Capital
Geral
Grupo convoca ato "Criança não é mãe" contra o PL 1904 neste sábado na Capital
Passageiros desmaiam de calor após 3 horas dentro de avião sem ar-condicionado
Geral
Passageiros desmaiam de calor após 3 horas dentro de avião sem ar-condicionado

Mais Lidas

IMAGENS FORTES: mulher morre após ser devorada por rottweilers em casa de prostituição
Polícia
IMAGENS FORTES: mulher morre após ser devorada por rottweilers em casa de prostituição
JD1TV: Jovens morrem ao caírem de 12 metros de altura enquanto esperavam show em boate
Internacional
JD1TV: Jovens morrem ao caírem de 12 metros de altura enquanto esperavam show em boate
À polícia, homem contou que disparo foi acidental, versão que é contestada por amigos da vítima
Polícia
Homem que deu tiro na cabeça de esposa passou em bar antes de voltar para local do crime
Vítima, que era pessoa com deficiência, não tinha família na Capital e era próxima dos vizinhos
Polícia
Marido de mulher baleada na cabeça já havia quebrado perna da vítima