Menu
Menu
Busca sábado, 13 de abril de 2024
Geral

Sem receber, funcionárias da Mega Serv temem calote após dia 31

Responsáveis por limpeza de postos de saúde reclamam de atrasos

12 dezembro 2016 - 10h50Liziane Berrocal

Os funcionários da empresa Mega Serv que presta serviços terceirizados para a Prefeitura da Capital de limpeza e conservação nos postos de saúde procuraram a reportagem para reclamar que estão sem receber os salários em dia desde que acabou o período eleitoral. Segundo a denúncia, apesar de já ter passado o quinto dia útil, eles ainda não receberam o salário de novembro e não há sinal do décimo terceiro.

Segundo uma das funcionárias, que não vai ser identificada para não sofrer represálias, não há posicionamento sobre os salários. “São mães e mulheres responsáveis por suas casas, por sustentar a casa. E estamos sem receber e todo dia é uma desculpa diferente”, reclama.

Acompanhada de outras colegas, elas dizem que desde o começo é assim, mas que a situação começou a piorar após as eleições. “A gente liga no sindicato e eles falam para guardar o final da tarde e fica para outro dia fica, para outro dia é sempre a mesma coisa. Nunca sabemos o verdadeiro motivo pelo atraso”, afirma.

Ela que está desde o começo, relembra que a empresa sempre teve problemas. “Pode entrar na internet pesquisar esses quatro anos que eu já trabalhei na Mega Serv a única vez que pagaram certo foi agora na época da eleição depois que o prefeito Bernal perdeu vão começar os atrasos tudo de novo”, lamenta.

Segundo as trabalhadoras, com o processo de encerramento do mandato de Alcides Bernal, todas que trabalham estariam de aviso prévio, ou seja, já demitidas porque o contrato não será renovado.

“Estão todas as meninas cumprindo aviso que acaba no dia 31 de Dezembro porque a empresa parece que nem participou da nova licitação eu estou como estou de licença não sei ainda o que vai acontecer”, conta uma das trabalhadoras que está de licença maternidade.

“Não sabemos nem que empresa vai entrar no lugar da Mega Serv e esperamos que seja uma empresa que paga salários em dia, porque são quatro anos só passando dor de cabeça”, finaliza. 

Reportar Erro

Deixe seu Comentário

Leia Também

Governo Federal suspende campanhas publicitárias no X
Geral
Governo Federal suspende campanhas publicitárias no X
Escritora permanece hospitalizada
Geral
Escritora faz primeiro post após ataque de pitbulls e diz que está bem
Ministro Luis Roberto Barroso
Geral
Regulação da IA precisa proteger direitos fundamentais, diz Barroso
Bilhete de aposta da Mega-Sena
Geral
Mega-Sena sorteia prêmio acumulado de R$ 56 milhões neste sábado
Avião movido a hidrogênio fará o primeiro voo ao redor do mundo com zero emissões
Geral
Avião movido a hidrogênio fará o primeiro voo ao redor do mundo com zero emissões
Madonna
Geral
Madonna pede para brasileiros não falarem português durante show
Ponte da BR-262, que passa pelo Rio Paraguai, será interditada neste sábado
Geral
Ponte da BR-262, que passa pelo Rio Paraguai, será interditada neste sábado
Faustão sai do hospital
Geral
Após 47 dias internado, Faustão recebe alta do hospital
Cidade de Terenos
Geral
Governo homologa licitação para projeto de pavimentação da MS-355 e MS-270
Efetividade do judiciário de MS é destaque no Mês Nacional do Júri
Justiça
Efetividade do judiciário de MS é destaque no Mês Nacional do Júri

Mais Lidas

JD1TV: Peladão, homem é flagrado correndo com bumbum de fora na Mascarenhas de Moraes
Geral
JD1TV: Peladão, homem é flagrado correndo com bumbum de fora na Mascarenhas de Moraes
JD1TV: Homem que colocou fogo na ex-mulher se joga da ponte após cometer crime
Polícia
JD1TV: Homem que colocou fogo na ex-mulher se joga da ponte após cometer crime
Artistas confirmadas na Expogrande 2024
Comportamento
Expogrande 2024 divulga programação dos shows; confira as datas
Acidente congestionou rodovia
Polícia
AGORA: Grave acidente deixa pessoas mortas na BR-163, próximo a Anhanduí