Menu
Busca terça, 07 de fevereiro de 2023
(67) 99647-9098
Geral

Trabalhadora "chorou de medo" ao ficar com a mão presa em fatiador, dizem colegas

Mulher não teve nenhum ferimento

07 abril 2022 - 15h18Pedro Molina e Brenda Assis
Sebrae Materia

Uma mulher, não identificada até o momento, se desesperou na tarde desta quinta-feira (7), em um mercado no bairro Estrela do Sul, em Campo Grande, após ficar com sua mão presa em uma máquina de fatiar frios enquanto realizava a limpeza do equipamento.

Ao perceber que sua mão estava presa no equipamento, a funcionária se desesperou com a situação, com medo de se cortar na máquina, e começou a chorar de medo.

Assustados com a situação, os demais funcionários do mercado acionaram o Corpo de Bombeiros, que ao chegarem ao local, perceberam que a vítima não teve nenhuma fratura ou qualquer tipo de ferimento.

Sebrae Materia

Deixe seu Comentário

Leia Também

Geral
Pavê ou pacumê: sobremesa é eleita 3º melhor bolo do mundo por site gastronômico
Geral
JD1TV: Riedel destaca passo para o desenvolvimento ao lançar "MS Renovável"
Geral
Denúncias de crimes na internet com discurso de ódio crescem em 2022
Geral
Apae inaugura reforma de oficina ortopédica e do Centro Médico e de Reabilitação
Geral
JD1TV: "Alô, Boate Kiss", cantor ironiza tragédia durante show pirotécnico
Geral
Melhores do ano CG: especialista alerta para golpe no Instagram
Geral
Energisa irá investir mais de R$ 23 milhões no Programa de Eficiência Energética
Geral
"Estamos caminhando para uma guerra mais ampla", diz Secretário-geral da ONU
Geral
JD1TV: Motorista fica ferida após carro cair em 'cratera' no meio da rua em MS
Geral
Comerciantes do Camelódromo pedem por sinalizações e quebra-molas à Câmara

Mais Lidas

Geral
Melhores do ano CG: especialista alerta para golpe no Instagram
Polícia
JD1TV: Depoimento de motorista de aplicativo desmente relato da mãe de Sophia
Polícia
Polícia fecha boca de fumo e prende quatro envolvidos no Parque Lageado
Polícia
Delegada revela que mãe e padrasto de Sophia planejaram mentir para a polícia