Menu
Menu
Busca quarta, 22 de maio de 2024
Camara Maio24 - TV camara
Geral

Tratamento de criança com doença rara pode ser interrompido em janeiro por inadimplência da prefeitu

Valor ultrapassa R$ 70 mil

09 dezembro 2016 - 08h00Gerciane Alves

Sem nenhum posicionamento da Prefeitura de Campo Grande a respeito da dívida de mais de R$ 70 mil, a empresa KZT Serviços Médicos de Atenção Domiciliar, responsável pelo atendimento “Home Care” do pequeno João Lucas Garcete Bervig, de apenas três anos, poderá interromper os serviços em janeiro de 2017.

De acordo com um documento encaminhado para a mãe de João Lucas, Mônica Bessa, de 28 anos, a dívida vem se arrastando desde abril deste ano e o valor atualizado é de R$ 73.603,08. Mônica sofre mês após mês sem ter nenhum posicionamento da prefeitura a respeito do tratamento que foi conseguido na Justiça.

No documento a empresa destaca que se o valor da dívida não for quitado o quanto antes, o tratamento de João Lucas poderá ser interrompido no dia 10 de janeiro de 2016. Esta não é a primeira vez que ocorre atraso no pagamento do tratamento do pequeno João que com miopatia metabólica, uma doença rara que atinge a estrutura muscular, luta contra a doença desde os primeiros meses de vida. 

A redação do JD1 tentou contato com a Sesau (Secretaria Municipal de Saúde Pública de Campo Grande) e com o secretário de Saúde Ivandro Fonseca, mas até a publicação desta matéria as ligações não foram atendidas.

Atendimento

O atendimento mensal de João Lucas no sistema home care tem custo de R$ 28 mil e desde que nasceu ele ficou quase seis meses em no Hospital Regional na Capital. A mãe era moradora em Bonito e teve que mudar a vida e a rotina da família, para atender a criança. Ela tem mais um filho, um menino de nove anos, mas precisa que se dedicar integralmente ao pequeno, que além de tudo faz alimentação por sonda.

Ir para casa foi somente com determinação judicial, quando Mônica conseguiu o home care, que é o tratamento domiciliar com enfermeiros, fisioterapeutas, nutricionistas, médico e fonoaudiólogo por tempo vitalício.

Reportar Erro

Deixe seu Comentário

Leia Também

Sergio Moro
Política
Tribunal Superior Eleitoral rejeita pedidos de cassação de Sérgio Moro
Beneficiários do Primt serão alfabetizados pelo projeto Ressignificando Saberes
Geral
Beneficiários do Primt serão alfabetizados pelo projeto Ressignificando Saberes
Ator Tony Ramos
Geral
Tony Ramos apresenta "contínua evolução" após 2ª cirurgia
Rio Grande do Sul vive pior crise climática
Geral
Sobe para 161 o número de mortes no Rio Grande do Sul
Cada aposta simples custa R$ 2,50
Geral
Quina de São João sorteará R$ 220 milhões em 2024
'Cinco-contra-um': 78% dos homens se masturbam sem o conhecimento da parceira
Geral
'Cinco-contra-um': 78% dos homens se masturbam sem o conhecimento da parceira
Ministro Alexandre de Moraes
Justiça
STF suspende lei que proibia linguagem neutra nas escolas
Novo Fórum de Maracaju é vistoriado pelo Desembargador Sérgio Fernandes Martins -
Justiça
Presidente do TJMS faz vistoria em obra de R$ 8 milhões em Maracaju
 Eduardo Riedel e o Governador Regional de Tarapacá  no Chile, José Miguel Carvajal após assinatura do "Acordo de Cooperação" em 2023
Geral
Facilitando acordos bilaterais, Lei declara região do Chile como Estado Irmão de MS
A condenação se deu por lesão corporal leve e injúria estando em serviço
Justiça
Condenado a 10 anos, "Buguinho da Nhanhá" quer anular julgamento por morte de "Magrão"

Mais Lidas

Francisco Jr. foi socorrido em estado grave e levado para uma unidade de saúde
Polícia
JD1TV: Moto de influenciador da Capital explode em acidente na BR-060, em Sidrolândia
Rapper morr3 após atirar na cabeç4 ao gravar vídeo; assista
Geral
Rapper morr3 após atirar na cabeç4 ao gravar vídeo; assista
O motociclista foi carbonizado durante a colisão
Polícia
Pneu estourado teria causado acidente que matou motociclista carbonizado na BR-163
Vereador Lívio Leite
Justiça
Vaga de Claudinho Serra na Câmara será de Dr. Lívio