Menu
Menu
Busca sábado, 15 de junho de 2024
Prefeitura Refis Junho24
Geral

TRE-MS absolve jovem suspeito de colar teclas de urna eletrônica nas Eleições em MS

À época, o rapaz confessou ter colado as teclas da urna, mas caso foi arquivado pela Justiça Eleitoral do Estado

30 junho 2023 - 18h21Brenda Leitte    atualizado em 01/07/2023 às 14h46

Gabriel Scherer da Costa, de 22 anos, foi absolvido do processo em que era investigado por ter colado as teclas de uma urna eletrônica com cola instantânea e de alta resistência durante o primeiro turno das Eleições de 2022, em Campo Grande. A decisão do TRE-MS (Tribunal Regional Eleitoral de Mato Grosso do Sul) foi divulgada pela defesa do jovem, nesta sexta-feira (30).

Conforme as informações da decisão, não foi encontrado as impressões digitais do jovem na urna eletrônica. "Não foram encontrados fragmentos de impressão digital em condições técnicas de confronto e individualização”, detalhou o laudo pericial solicitado e apresentado na decisão do TRE-MS.

Ainda em relação as possíveis evidências do caso, as informações do celular do jovem apontaram que o jovem não planejava colar as urnas antes da infração.

Diante da decisão, o MPMS (Ministério Público de Mato Grosso do Sul) pugnou pelo arquivamento do processo.

"Vislumbra-se do conjunto probatório juntado aos autos, a ausência de justa causa para início de ação penal em desfavor do investigado, por parte do legitimado para o oferecimento da denúncia. Sem mais delongas, o arquivamento desse feito é medida que se impõe", finalizou a decisão. *Com informações do g1.

Relembre o caso

O eleitor Gabriel Scherer da Costa chegou a ser preso por colar as teclas de uma urna eletrônica com cola instantânea e de alta resistência na Capital, confessou o crime e afirmou à polícia ter feito a ação em protesto contra a polarização das eleições em 2022.

À época, o jovem assumiu ter colocado as urnas. "Ele assume ter feito e disse que naquele momento não pensou, mas depois ele caiu em si e, já em casa, viu que tinha feito uma coisa errada”, afirmou a defesa naquela ocasião.

 

Tenha em seu celular o aplicativo do JD1 e acompanhe em tempo real todas as notícias. Para baixar no IOS, clique aqui. E aqui para Android

Reportar Erro

Deixe seu Comentário

Leia Também

Foto: Pixabay
Geral
Festival do Vinho terá degustação aberta ao público dia 28 de junho na Capital
Foto: Rovena Rosa Agência Brasil
Geral
Enel confirma investimento de R$20 bilhões para acabar com apagões no Brasil
Governador Eduardo Riedel ao lado do prefeito de Batayporã, Germino Roz
Geral
Investimento de R$ 23,3 milhões deve solucionar enchentes em Batayporã
Projeto busca incentivar consumo de plantas não convencionais
Geral
Projeto busca incentivar consumo de plantas não convencionais
Homem agride a esposa após achar que ela pegou sua carteira em Dourados
Geral
Homem agride a esposa após achar que ela pegou sua carteira em Dourados
Governador Eduardo Riedel na 46° edição da Expotrês
Geral
Na Expotrês, Riedel elogia inovações que aumentam produtividade do agro
Força-tarefa vai avaliar os pedidos de imigrantes acampados no Aeroporto de Guarulhos
Geral
Força-tarefa vai avaliar os pedidos de imigrantes acampados no Aeroporto de Guarulhos
JD1TV: "Caixa elétrica" aberta assusta transeuntes
Geral
JD1TV: "Caixa elétrica" aberta assusta transeuntes
Grupo convoca ato "Criança não é mãe" contra o PL 1904 neste sábado na Capital
Geral
Grupo convoca ato "Criança não é mãe" contra o PL 1904 neste sábado na Capital
Passageiros desmaiam de calor após 3 horas dentro de avião sem ar-condicionado
Geral
Passageiros desmaiam de calor após 3 horas dentro de avião sem ar-condicionado

Mais Lidas

IMAGENS FORTES: mulher morre após ser devorada por rottweilers em casa de prostituição
Polícia
IMAGENS FORTES: mulher morre após ser devorada por rottweilers em casa de prostituição
JD1TV: Jovens morrem ao caírem de 12 metros de altura enquanto esperavam show em boate
Internacional
JD1TV: Jovens morrem ao caírem de 12 metros de altura enquanto esperavam show em boate
À polícia, homem contou que disparo foi acidental, versão que é contestada por amigos da vítima
Polícia
Homem que deu tiro na cabeça de esposa passou em bar antes de voltar para local do crime
Vítima, que era pessoa com deficiência, não tinha família na Capital e era próxima dos vizinhos
Polícia
Marido de mulher baleada na cabeça já havia quebrado perna da vítima