Menu
Menu
Busca domingo, 21 de julho de 2024
TJMS Jul24
Internacional

Bolsonaro quer a América do Sul “grande e não bolivariana”

O presidente destaca a eleição de presidentes sul-americanos de centro e centro-direita

22 janeiro 2019 - 15h36Da redação com informações da Agência Brasil    atualizado em 22/01/2019 às 16h38

O presidente Jair Bolsonaro disse nesta terça-feira (22), durante a sessão de perguntas que ocorre após o discurso no Fórum Mundial de Davos, na Suíça, que seu esforço é para promover uma “América do Sul grande” e não a “América bolivariana”.

A afirmação foi uma resposta à pergunta sobre as prioridades para integrar o Brasil em um contexto mais ampliado da América Latina. Bolsonaro disse que conversou com os presidentes da Argentina, Mauricio Macri, do Chile, Sebastián Piñera e do Paraguai, Mario Abdo Benítez. “Nós estamos preocupados sim, em fazer uma América do Sul grande, em que cada país obviamente mantenha sua hegemonia local; não queremos uma "América bolivariana", como há pouco existia no Brasil em governos anteriores”, ressaltou.

Para Bolsonaro, a esquerda perde espaço na América Latina, e os líderes de centro e centro-direita avançam. “Essa forma de interagir com os demais países da América do Sul vem contagiado esses países. Mais gente de centro e centro-direita tem se elegido presidente nesses países, creio que isso seja uma resposta de que a esquerda não prevalecerá nessa região.”

O presidente defendeu mecanismos de aperfeiçoamento para o Mercosul, bloco regional que reúne Brasil, Argentina, Paraguai e Uruguai, uma vez que Venezuela está temporariamente suspensa. Ele não entrou em detalhes. “No tocante à América do Sul, eu tenho certeza, vou conversar com vários líderes regionais, eles querem que o Brasil vá bem. Já ao Mercosul, alguma coisa deve ser aperfeiçoada”, disse Bolsonaro.

Reportar Erro

Deixe seu Comentário

Leia Também

Médicos não conseguiram salvar a mãe, ferida após bombardeio
Internacional
Bebê é resgatado da barriga de palestina grávida que morreu em Gaza
Símbolo olímpico em frente à Torre Eiffel
Internacional
Jovem suspeito de planejar ataque nas Olimpíadas é preso na França
Anne Hidalgo nadou cerca de cem metros em estilo crawl
Internacional
Prefeita de Paris nada no Sena faltando 9 dias para as Olimpíadas 2024
Foto: Kyle Mazza/Anadolu via Getty Images
Internacional
Donald Trump é o candidato oficial do Partido Republicano à presidência
Atirador que atentou contra Donald Trump é identificado
Internacional
Atirador que atentou contra Donald Trump é identificado
Donald Trump é alvo de tentativa de assassinato durante comício nos EUA
Política
Donald Trump é alvo de tentativa de assassinato durante comício nos EUA
Governo da Argentina classifica Hamas como 'organização terrorista internacional'
Internacional
Governo da Argentina classifica Hamas como 'organização terrorista internacional'
Amélie Oudéa-Castéra, ministra do esporte, nada com triatleta paralímpico Alexis Hanquinquant
Internacional
Ministra francesa toma banho no Sena para provar qualidade da água
Inflação argentina tem aumento e já acumula alta de 271,5% em 12 meses
Política
Inflação argentina tem aumento e já acumula alta de 271,5% em 12 meses
Irmãs sofrem colapso pulmonar após fumarem vape em excesso
Internacional
Irmãs sofrem colapso pulmonar após fumarem vape em excesso

Mais Lidas

Aeroportos, como o de Madri, na Espanha, foram os locais mais afetados com o apagão
Geral
Apagão cibernético 'para o mundo' e deixa bancos, aeroportos e serviços inoperantes
A nova edição será neste sábado (20), em Campo Grande
Comportamento
'Desapega Campo Grande' vai reunir mais de 100 expositores com peças a partir de R$ 1
Reprodução/Instagram
Esportes
Dispensado pelo Athletico, Bruninho Samudio assina com o Botafogo
Hospital São Julião, em Campo Grande
Geral
São Julião elege diretoria hoje