Menu
Busca domingo, 07 de março de 2021
(67) 99647-9098
Internacional

Médico é suspeito de matar pacientes com covid para "desafogar" UTI

Ao menos duas pessoas receberam doses letais de anestésicos em março

27 janeiro 2021 - 09h33Joilson Francelino, com informações da Record TV Europa

O médico italiano Carlo Mosca, 47 anos, foi preso na terça-feira (26), suspeito de ter assassinado dois pacientes, infectados com o novo coronavírus, recorrendo a doses letais de anestésicos.

Carlo Mosca, que coordenava as urgências de um hospital em Lombardia, em Itália, tinha como objetivo “libertar camas” da Unidade de Terapia Intensiva (UTI), segundo as investigações.

Os casos teriam acontecido em março do ano passado, início da pandemia, e foi denunciado depois que enfermeiras trocaram mensagens de Whatsapp.

As vítimas foram Natale Bassi, de 61 anos e Angelo Paletti, de 79.

APP JD1_apple

Deixe seu Comentário

Leia Também

Internacional
Covid: Aos 85 anos, líder espiritual tibetano Dalai Lama recebe vacina
Internacional
Por má gestão da pandemia, paraguaios vão às ruas protestar contra Governo
Internacional
Mulher mantém corpo da mãe na sala por falta de vaga em cemitério
Internacional
Aos 118 anos, pessoa mais velha do mundo vai carregar a tocha olímpica nos Jogos de Tóquio
Internacional
Sobrevivente de tragédia da Chapecoense volta a sofrer grave acidente
Internacional
Criança de 9 anos morre espancada durante ritual de exorcismo
Internacional
Revoltada, filha de Maradona pede prisão de médico: "O que a Justiça está esperando?"
Internacional
Seis criminosos atacam delegacia, um policial é morto e outro fica ferido
Internacional
FBI investiga se roubo de cães de Lady Gaga tem motivação política
Internacional
Paciente recebe pulmão de doador infectado com covid-19 e morre

Mais Lidas

Polícia
Jacaré é capturado dando 'rolê' em cidade de MS
Internacional
Estados Unidos inicia vacinação contra a Covid-19 em Nova York
Polícia
Morador de rua tenta matar desafeto a pauladas no interior do Estado
Polícia
Briga por capacete acaba em tentativa de homicídio