Menu
Busca sábado, 19 de setembro de 2020
(67) 99647-9098
TJMS setembro20
Internacional

OMS anuncia que vai retomar testes com hidroxicloroquina para Covid-19

Anúncio foi feito nesta quarta (3), pelo diretor-geral entidade, Tedros Adhanom Ghebreyesus

03 junho 2020 - 14h29Flávio Veras, com informações do G1

A Organização Mundial de Saúde (OMS) anunciou, nesta quarta-feira (3), que vai retomar os testes com a hidroxicloroquina. Os testes haviam sido suspensos no dia 25 de maio, depois de um estudo, publicado na revista científica "The Lancet", que indicava não haver benefícios no uso da substância para a Covid-19.

A pesquisa também apontava um risco de arritmia cardíaca nos pacientes que usaram o remédio. Porém, na terça (2), a revista publicou uma "manifestação de preocupação" com os dados usados no estudo. Informou, ainda, que uma auditoria está em andamento.

Ao anunciar a retomada dos testes, o diretor-geral da OMS, Tedros Adhanom Ghebreyesus, afirmou que o quadro executivo dos ensaios Solidariedade, coordenados pela entidade, decidiu continuar a pesquisa com a hidroxicloroquina com base nas informações sobre mortalidade existentes.

"O comitê de segurança e monitoramento de dados dos ensaios Solidariedade revisou os dados. Com base nos dados sobre mortalidade disponíveis, os membros do comitê decidiram que não há motivo para modificar o protocolo do ensaio", disse Tedros.

"O grupo executivo recebeu essa recomendação e endossou a continuidade de todos os braços do ensaio Solidariedade, incluindo hidroxicloroquina", declarou.

Em testes

A cientista-chefe da OMS, Soumya Swaminathan, explicou que a decisão de suspender os testes com a hidroxicloroquina foi baseada em relatórios que falavam em uma maior mortalidade nos pacientes que usavam a substância quando comparados àqueles que não a usavam.

"Nós tomamos a decisão de proteger a segurança dos participantes no ensaio, por precaução, enquanto olhávamos para os nossos dados e enquanto outros ensaios em andamento com a hidroxicloroquina, como o Recovery, no Reino Unido, olhavam para os dados deles – que é uma base de dados bem substancial, de 11 mil pacientes", explicou Swaminathan.

"Nós estamos agora bem confiantes, não tendo visto nenhuma diferença em mortalidade – o comitê de monitoramento de segurança de dados tanto do Solidariedade como do Recovery recomendaram que o ensaio pode continuar", explicou Swaminathan.

"Ainda estamos falando de um ensaio clínico, que está testando a segurança e a eficácia dessa droga em pacientes que estão internados com Covid", lembrou a cientista.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Internacional
Vídeo - The Rock arranca portão com as mãos para não se atrasar
Internacional
Preso com cocaina em comitiva do Bolsonaro cumprirá pena na Espanha
Internacional
Mulher decepa a própria mão para receber seguro milionário
Internacional
Imagens fortes: vídeo mostra músico sendo esmagado por caminhão
Internacional
Residencial é “engolido” por plantas na China
Internacional
Peão sequestrado com ex-vice-presidente do Paraguai é libertado
Internacional
Rato desmaia após comer folhas de maconha por dois dias seguidos
Internacional
Ataque as Torres Gêmeas completa 19 anos
Internacional
Vídeo: Porto de Beirute, onde houve megaexplosão, é atingido por incêndio
Internacional
Filha de ex-vice presidente sequestrado implora pela saúde do pai

Mais Lidas

Fim de Semana
Live deste sábado terá Naiara azevedo e mais
Oportunidade
PMA de Amambai autua infrator em R$ 5,5 mil por desmatamento ilegal
Geral
Luísa Sonza está sendo processada por suposto ato racista
Geral
Live com presidente do TRE abre cobertura das eleições no JD1