Menu
Busca terça, 07 de fevereiro de 2023
(67) 99647-9098
Justiça

Após matar jovem por causa de bateria veicular, autor tem prisão relaxada

Defesa do autor alegou ação em legítima defesa e bons antecedentes

14 fevereiro 2022 - 11h31Da Redação
Sebrae Materia

Após ser preso em flagrante pela morte Claudenilson Campo Gregório, de 24 anos, em Dourados depois de uma briga causada por uma bateria veicular, a defesa de Rafael Cohene Moreira pediu habeas corpus da prisão.

A defesa do acusado alegou que a ação de Rafael foi “possivelmente praticada em legítima defesa e que há probabilidade de, caso ocorra condenação, o regime inicial ser fixado no sistema semiaberto”.

Alegam também que a medida é extrema, para um caso que não cumpre tais requisitos por ser um paciente primário, de bons antecedentes, ocupação lícita e residência fixa.

O Juiz da 3ª Vara Criminal de Dourados não proveu o pedido de habeas corpus, mas relaxou a prisão em flagrante e decretou prisão em flagrante.

Crime

A vítima foi assassinada com uma facada no tórax, ele chegou a ser socorrido para um hospital, mas não resistiu ao ferimento. No dia do crime, testemunhas contaram que a vítima e o autor estavam em um bar e discutiram por causa de uma bateria veicular.

Claudenilson foi embora para casa, na Comunidade Vitório, mas foi seguido por Rafael, que deu o golpe de faca. A arma do crime foi localizada e apreendida pela polícia. 

Depois de 48 horas da morte de Claudenilson, o assassino confesso foi preso em flagrante e contou aos policiais que matou, porque Claudenilson era um ladrão que sempre roubava e fugia sem responder pelos crimes. 

Sebrae Materia

Deixe seu Comentário

Leia Também

Justiça
Justiça do DF autoriza troca das tornozeleiras de extremistas presos
Justiça
Caso de assédio sexual de Marquinhos ficará em sigilo
Justiça
PGR denuncia mais 152 por participações em invasão em Brasília
Justiça
Daniel Silveira tem prisão mantida
Justiça
Marcos do Val será investigado por denúncia contra Silveira e Bolsonaro
Justiça
MPF pede a prisão do apresentador Sikêra Jr. por crime de racismo
Justiça
Moraes concede liberdade provisória ao ex-chefe da PMDF
Justiça
Comarca de Aquidauana selecionará estagiários de direito
Justiça
Telegram paga multa de R$ 1,2 milhão ao STF
Justiça
Câmara convoca candidatos de concurso público

Mais Lidas

Geral
Melhores do ano CG: especialista alerta para golpe no Instagram
Polícia
JD1TV: Depoimento de motorista de aplicativo desmente relato da mãe de Sophia
Polícia
Polícia fecha boca de fumo e prende quatro envolvidos no Parque Lageado
Polícia
Delegada revela que mãe e padrasto de Sophia planejaram mentir para a polícia