Menu
Busca sexta, 23 de fevereiro de 2024
(67) 99647-9098
Governo - Dengue Fev24
Justiça

Brincar com "carequinha" de funcionário pode ser assédio sexual, diz justiça

Caso foi movido por um funcionário que foi chamado de "otário careca" por supervisor

13 maio 2022 - 18h32Pedro Molina

A justiça do Reino Unido determinou que chamar um funcionário ou colega de trabalho de careca pode ser considerado como assédio sexual, de acordo com informações publicadas na quinta-feira (12).

O caso foi movido pelo eletricista Tony Finn, que após mais de 20 anos de trabalho numa empresa na cidade de Sheffield, na Inglaterra, foi demitido em maio do ano passado, e entrou com um processo alegando que havia sido vítima de assédio sexual por parte de seu supervisor, que o chamou de “otário careca” durante uma discussão.

O eletricista disse que ficou constrangido pelo comentário sobre sua careca, e os três juízes do caso chegaram à conclusão que o supervisor cruzou uma linha ao fazer comentários sobre a aparência do empregado.

“Pela sua própria admissão, a intenção de King era ameaçar Finn e insultá-lo. De acordo com nosso juízo, há uma conexão entre a palavra ‘careca’, por um lado, e características relativas ao sexo de outro”, disse.

A pena de seu supervisor e da empresa ainda não foi decidida.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Justiça
Dívida de R$ 50 mil com a União pode bloquear bens de ex-candidato e empresário de MS
Justiça
"Jamilzinho" recorre ao STJ para evitar júri no caso Playboy da Mansão
Justiça
Justiça mantém prisão de acusado pelo assassinato da professora Márcia Ortiz na Capital
Justiça
STJ suspende decisão do TJMS e prefeitura deve rever contrato com Consórcio Guaicurus
Justiça
Apple é condenada e terá que indenizar cliente por vender iPhone sem carregador
Justiça
Pelas leis espanholas, Daniel Alves estará em regime semiaberto em 2025
Justiça
AO VIVO: Flávio Dino toma posse como ministro no STF
Brasil
Deputado federal tem sigilos bancário e fiscal quebrados por suposta 'rachadinha'
Brasil
Cerimônia de posse de Flávio Dino como ministro do STF acontece hoje
Justiça
TJMS reduz pena de homicida para 12 anos por crime no Jardim Centenário

Mais Lidas

Polícia
Corpo é encontrado em pesqueiro no Jardim Pênfigo
Polícia
Tragédia: Menino de 2 anos é enforcado até a morte e jogado em tanque de peixe
Polícia
Mulher pressentiu que iria morrer em conversa com a filha: 'Ele vai voltar e me matar'
Polícia
Filhos gritaram por socorro ao ver a mãe sendo esfaqueada e morta na Capital