Menu
Busca terça, 14 de julho de 2020
(67) 99647-9098
TJMS julho20
Justiça

Depois de ofender Reinaldo, internauta é condenado

O responsável pela página “MS Sem Corrupção” terá que pagar multa de R$ 5 mil

17 maio 2019 - 12h17Joilson Francelino

O juiz José Henrique Neiva de Carvalho e Silva, do Tribunal Regional Eleitoral de Mato Grosso do Sul (TRE-MS) condenou Everton Albertoni Oliveira, a pagar multa de R$ 5 mil por ofender o então candidato a governador, Reinaldo Azambuja, através da página “MS Sem Corrupção”, no Facebook.

De acordo com os autos, o condenado usou o número do telefone de um idoso para criar a página – o homem não tinha mais acesso ao número. Em sua defesa, Everton alegou que “não teve participação em conduta tida como crime”, embora tenha utilizado a linha telefônica, sem permissão.

Entre os conteúdos, o responsável pela página veiculou uma postagem onde chamava Reinaldo de "ladrão". A página foi retirada do ar durante a campanha, por liminar. Na decisão publicada no Diário da Justiça Eleitoral, o magistrado considerou que Everton “claramente extrapolou para o campo da ofensa a honra do então candidato”. Além da multa, o juiz encaminhou os autos á 1ª instância, para apurar crime contra a hora de Reinaldo.

Vacinne

Deixe seu Comentário

Leia Também

Justiça
Ministério Público abre inquérito para investigar estudante picado por naja
Justiça
TJ-MS cria link para vítima pedir medida protetiva contra agressor pela internet
Justiça
Homem responde em liberdade após tentar abusar da sobrinha de 13 anos no MS
Justiça
Estácio pagará R$ 194 mil por contratos abusivos e cobranças indevidas
Justiça
Estado seguirá TAC que disciplina licitações de informática
Justiça
TJ faz alerta sobre pandemia em MS
Justiça
TJMS diz que é inconstitucional nome e atribuição de polícia a Guarda da capital
Justiça
Hospital proíbe acompanhantes durante parto, mas Defensoria recorre e reestabelece o direito
Justiça
Aposentadoria computa tempo de trabalho infantil
Justiça
MP "vai pra cima" da Energisa contra liminar que suspendeu perícia

Mais Lidas

Polícia
Ex-patroa é denunciada por abandono de incapaz que resultou em morte
Saúde
MP solicita inspeção em frigoríficos no interior
Polícia
Comerciante foi morta porque reconheceu voz de ex-funcionário, diz investigação
Política
“Caso de polícia”, diz Fábio sobre fake news de lockdown na capital