Menu
Menu
Busca segunda, 22 de abril de 2024
Justiça

Dino segue Moraes e vota a favor da condenação de 15 réus do 8 de janeiro

Esse é o primeiro voto do ministro sobre os atos golpistas desde que assumiu a cadeira deixada por Rosa Weber

29 fevereiro 2024 - 19h03Pedro Molina

O ministro Flávio Dino, do Supremo Tribunal Federal (STF), deu seu primeiro voto sobre os atos golpistas de 8 de janeiro de 2023, e seguindo o voto do relator do caso, o ministro Alexandre de Moraes, e foi a favor da condenação de 15 acusados de participação da invasão e depredação em Brasília.

Dino fixou penas que variam entre 14 e 17 anos de prisão para os acusados, que respondem pelos crimes de associação criminosa, abolição violenta do Estado democrático de direito, golpe de Estado, dano qualificado e deterioração de patrimônio tombado.

A condenação só será confirmada após o fim do julgamento virtual, onde não há deliberação presencial e os ministros inserem os votos no sistema eletrônico do Supremo, que está previsto para ser encerrado às 23h59 de hoje.

 

Acompanhe em tempo real todas as notícias do Portal, clique aqui e acesse o canal do JD1 Notícias no WhatsApp e fique por dentro dos acontecimentos também pelo nosso grupo, acesse o convite.

Tenha em seu celular o aplicativo do JD1 no iOS ou Android.

Reportar Erro

Deixe seu Comentário

Leia Também

Imagem ilustrativa
Justiça
STF 'derruba' lei de MS que facilitava acesso ao porte de arma
Dinheiro apreendido na operação contra o grupo criminoso -
Justiça
Vereador de Campo Grande e outros 21 viram réus por corrupção em Sidrolândia
Presídio de Segurança Máxima em Campo Grande
Justiça
Promotoria quer mais 'rigidez' na apuração de faltas disciplinares em presídios de MS
 Ministério Público de Mato Grosso do Sul (MPMS) -
Justiça
MPMS investiga fraude em concurso da prefeitura de Sonora e recomenda suspensão
O corpo da vítima foi encontrado carbonizado, com algemas nas mãos e marcas de tiros -
Justiça
'Vitinho do Carandiru' é julgado por assassinato brutal em Campo Grande
STF; justiça
Justiça
STF diz que delegados e MP podem solicitar informações de celular sem autorização judicial
Justiça condena homem por uso de CNH falsa após acidente em Campo Grande
Justiça
Justiça condena homem por uso de CNH falsa após acidente em Campo Grande
Dinheiro apreendido na operação contra o grupo criminoso -
Justiça
Escândalo em Sidrolândia, conheça os nomes e as denúncias
Sede do Gaeco - MPMS
Justiça
Juiz nega internação hospitalar para assessor de vereador preso em operação
Vereador Claudinho Serra
Justiça
Defesa de Claudinho Serra reafirma pedido de liberdade e propõe tornozeleira eletrônica

Mais Lidas

AGORA: Capitão do Batalhão de Choque morre na Capital
Polícia
AGORA: Capitão do Batalhão de Choque morre na Capital
Emocionados, vários miliares acompanharam o velório do Capitão
Polícia
Velório de Capitão do Choque arrancou lágrimas até dos mais "durões"
Capitão Leonardo Mense partiu durante a noite de sábado (21)
Polícia
'Imenso legado': Capitão Mense é homenageado por autoridades e instituições de MS
JD1TV: Mulher morre ao ser atropelada várias vezes pelo namorado na Capital
Polícia
JD1TV: Mulher morre ao ser atropelada várias vezes pelo namorado na Capital