Menu
Busca segunda, 21 de janeiro de 2019
(67) 99647-9098
PMCG Balanço super banner
Justiça

Ex-secretária de Educação de Dourados entra com pedido de HC

A defesa pediu também a liberdade do ex-presidente da Comissão Permanente de Licitação do município

27 dezembro 2018 - 12h39Da Redação com DouradosNews

Dois dias após o desembargador Divoncir Schreiner Maran conceder habeas corpus ao ex-secretário de Fazenda de Dourados, João Fava Neto, outros dois presos durante a "Operação Pregão" também ingressaram com pedidos de liberdade durante o plantão do Poder Judiciário. Anilton Garcia de Souza, ex-presidente da Comissão Permanente de Licitação do município, e a vereadora Denize Portolann de Moura Martins, ex-secretária de Educação, estão presos desde 31 de outubro. 

Ambos acionaram o Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul (TJ-MS ) na quarta-feira (26), depois que o presidente da Corte julgou no dia 24 de dezembro, o pedido de liberdade de Fava Neto. No entanto, os habeas corpus criminais impetrados por Amilton e Denise foram distribuídos por sorteio a outro plantonista, o desembargador Carlos Eduardo Contar, e ainda não foram julgados. 

 

Sesc Novo

Deixe seu Comentário

Leia Também

Justiça
Servidores estaduais tornam-se réus em ação penal
Justiça
João Fava Neto é considerado foragido da Justiça
Justiça
Justiça aceita denúncia de estupro de vulnerável contra João de Deus
Justiça
PF pede 90 dias para dizer quem pagou defesa de Adélio
Justiça
Promotoria apresenta segunda denúncia contra João de Deus
Justiça
Decisão do STF não contempla fábrica de fertilizantes de MS
Justiça
Ministério Público Estadual será fiscalizado pela Corregedoria do CNMP
Justiça
Justiça determina que ex-secretário de Délia retorne à prisão
Justiça
“Morte de Marielle está ligada a milícias”, reforça procurador-geral
Justiça
Justiça Itinerante da capital retorna aos atendimentos na segunda

Mais Lidas

Cidade
Carros colidem de frente e cinco pessoas morrem na BR-060
Cidade
Homem é morto com 26 tiros de pistola em Pedro Juan Caballero
Cidade
Depois de agredir esposa, homem é morto a facadas pelos sobrinhos
Educação
Escola de Governo inicia 2019 com oito cursos inéditos