Menu
Busca sábado, 04 de dezembro de 2021
(67) 99647-9098
TJMS Dez21
Justiça

Justiça determina que ex-secretário de Délia retorne à prisão

TJ cassou a liminar que concedida liberdade a João Fava

15 janeiro 2019 - 08h59Da Redação com Assessoria

O ex-secretário municipal de fazenda de Dourados, João Fava Neto, terá que voltar à prisão. Nesta segunda-feira (14), o Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul (TJ-MS) revogou a liminar concedida no fim do ano passado e expediu mandato de prisão, que deve ser cumprido nas primeiras horas desta terça-feira. Desde que foi libertado, Fava tem permanecido em sua residência.

Fava Neto foi detido no dia 31 de outubro do ano passado, durante a Operação Pregão, que cumpriu quatro mandados de prisão preventiva e 16 mandados de busca e apreensão em Dourados e Campo Grande, todos expedidos pelos Juízes de Direito Luiz Alberto de Moura Filho e César de Souza Lima, da 1ª Vara Criminal de Dourados. Ele ficou preso em Campo Grande até o dia 24 de dezembro. A defesa do ex-secretário conseguiu o habeas corpus durante o plantão judiciário.

Agora, o desembargador-relator Luiz Gonzaga Mendes Marques entendeu que permanecem presentes os requisitos para prisão cautelar, como a garantia da ordem pública, da ordem econômica e assegurar a aplicação da lei penal. Assim, revogou a liminar concedida para “o fim de restabelecer a prisão preventiva” do acusado.

Pregão

As investigações tiveram por objetivo esclarecer a atuação de uma suposta organização criminosa composta por agentes públicos, políticos e empresários, visando a prática de diversos crimes incluindo fraude em licitação, dispensa indevida de licitação, falsificação de documentos, advocacia administrativa, além do crime contra a ordem financeira, notadamente em razão de fraudes em licitações e contratos públicos, praticados, em tese, durante a atual gestão municipal.

Senar Agrinho dez21

Deixe seu Comentário

Leia Também

Justiça
Caso Kiss: Terceiro dia de julgamento é marcado por discussão
Justiça
Qualificações são derrubadas e Cristhiano Luna é condenado a 10 anos de prisão
Justiça
Passos comemora indicação ao CNMP
Justiça
Quase nove anos depois, envolvidos no incêndio da Boate Kiss vão à júri
Justiça
Ministério Público já tem lista sêxtupla
Justiça
Ministério Público denuncia Eduardo Costa por estelionato
Justiça
A partir de janeiro, Capital terá audiências de custódia em fins de semana e feriados
Justiça
Defesa do falecido Jamil Name pede levantamento de sequestro de bens
Justiça
Ronaldinho Gaúcho pode ser preso por causa de pensão
Justiça
Ex-sócios da Minerworld devem ser ouvidos em março sobre esquema de pirâmide

Mais Lidas

Polícia
Emocionados, familiares tentam entender a morte de Kennedy em frente de casa no Caiobá
Polícia
Auxiliar de pedreiro morre após ser esmagado por laje de obra
Polícia
Conhecido como “Disciplina do PCC”, jovem é assassinado em MS
Geral
Homem morre após queda de laje em construção civil