Menu
Menu
Busca domingo, 03 de março de 2024
Justiça

Justiça eleitoral condena cidadão por instalação de outdoor pró-Bolsonaro em MS

Cleito Vinicio Inéia, foi condenado por desobediência relacionada à instalação de um outdoor de apoio a Jair Bolsonaro

30 novembro 2023 - 12h51Vinícius Santos

Nesta quinta-feira (30), o Tribunal Regional Eleitoral de Mato Grosso do Sul (TRE-MS) publicou a condenação de Cleito Vinicio Inéia por desobediência à Justiça Eleitoral, conforme divulgado no Diário Oficial da Justiça Eleitoral.

De acordo com a sentença, em 12 de setembro de 2022, foi identificada a presença de um outdoor contendo a imagem do então candidato à Presidência da República, Jair Messias Bolsonaro, acompanhado de mensagens de apoio. Após notificação extrajudicial, Inéia removeu a propaganda irregular dentro do prazo estipulado.

Entretanto, em 28 de setembro do mesmo ano, na semana que antecedeu as eleições, um novo outdoor foi instalado no mesmo local, apresentando as frases "BRASIL ACIMA DE TUDO; DEUS ACIMA DE TODOS" com a bandeira nacional. 

Às 13h36min do dia 29 de setembro de 2022, o denunciado foi novamente notificado para a imediata remoção do outdoor. Todavia, até as 17h17min, Inéia não havia cumprido a ordem, retirando o outdoor apenas na noite daquele dia, conforme constatado pelo servidor do Juízo Eleitoral.

Os fatos foram confirmados por testemunhas devidamente compromissadas. As placas estavam instaladas na rotatória localizada no distrito de Nova Casa Verde, entre a Rodovia MS 134 e a Rodovia BR 267, em Nova Andradina/MS.

A juíza Ellen Priscile Xandu Kaster Franco destacou em sua decisão: "O descumprimento imotivado do acusado no cumprimento da ordem emanada pela Justiça Eleitoral configura claro crime de desobediência eleitoral e deixa evidente o seu dolo, especialmente porque, anteriormente, já havia sido intimado sobre a mesma questão e reiterou sua conduta de fazimento de propaganda irregular."

Diante disso, Cleito Vinicio Inéia foi condenado nos termos do artigo 347 do Código Eleitoral, recebendo uma pena de 3 meses de detenção e 10 dias-multa, cada um correspondente a 1/30 do salário mínimo vigente à época dos fatos.

A pena de detenção em regime aberto foi substituída por uma restritiva de direitos, consistente em prestação pecuniária no valor de R$3.000,00. O réu pode recorrer em liberdade.

A magistrada também impôs ao sentenciado o pagamento das custas processuais.

Leia a decisão na integra (clique aqui)

 

JD1 No Celular

Tenha em seu celular o aplicativo do JD1 e acompanhe em tempo real todas as notícias. Para baixar no IOS, clique aqui. E aqui para Android.

Reportar Erro

Deixe seu Comentário

Leia Também

STF irá retomar na próxima semana julgamento sobre porte de drogas
Justiça
STF irá retomar na próxima semana julgamento sobre porte de drogas
Meta
Justiça
Justiça dá prazo de 30 dias para Meta, dona do Facebook, mudar de nome no Brasil
MP espanhol vai recorrer para aumentar pena de Daniel Alves por estupro, diz agência
Justiça
MP espanhol vai recorrer para aumentar pena de Daniel Alves por estupro, diz agência
Banco é responsável por transações após roubo de celular, decide STJ
Justiça
Banco é responsável por transações após roubo de celular, decide STJ
Estudantes de direito podem se inscrever para estágio em Fórum de Corumbá
Justiça
Estudantes de direito podem se inscrever para estágio em Fórum de Corumbá
Eleições 2024: Eleitores têm até 8 de maio para regularização com a Justiça Eleitoral
Brasil
Eleições 2024: Eleitores têm até 8 de maio para regularização com a Justiça Eleitoral
Foto: Divulgação/DPERGN
Justiça
Defensoria levará Van dos Direitos em ação em Paranhos
Fachada do Hospital - Foto:
Justiça
MPMS investiga hospital de câncer por carência de especialistas em cabeça e pescoço
Dino segue Moraes e vota a favor da condenação de 15 réus do 8 de janeiro
Justiça
Dino segue Moraes e vota a favor da condenação de 15 réus do 8 de janeiro
Defensoria Pública da União (DPU) -
Justiça
Defensoria Pública da União nega integrar grupo para criar cadeia para indígenas em MS

Mais Lidas

Aposentado viaja de motor home com a esposa e já percorreu mais de 120 mil km
Geral
Aposentado viaja de motor home com a esposa e já percorreu mais de 120 mil km
Rapaz não teve tempo de ser socorrido
Polícia
JD1TV AGORA: Rapaz é assassinado com vários tiros no Aero Rancho
Patrick foi atingido com três disparos
Polícia
Jovem foi assassinado por dupla em motocicleta no Aero Rancho
AGORA: Homem é baleado e dirige até a UPA Coronel Antonino para pedir socorro
Polícia
AGORA: Homem é baleado e dirige até a UPA Coronel Antonino para pedir socorro