Menu
Menu
Busca segunda, 22 de abril de 2024
Justiça

Justiça mantém prisão de acusado pelo assassinato da professora Márcia Ortiz na Capital

Carlos Fernandes Soares, réu no caso, vai ficar preso em nome da ordem pública

23 fevereiro 2024 - 09h35Vinícius Santos

Ontem, 22 de fevereiro, o juiz Carlos Alberto Garcete de Almeida decidiu que Carlos Fernandes Soares, 35 anos, acusado do assassinato da professora Márcia Catarina Lugo Ortiz, de 57 anos, em outubro de 2021, continuará preso. A decisão foi tomada após a revisão do caso, no qual Carlos está sob prisão preventiva desde 11 de novembro de 2021.

O magistrado fundamentou sua decisão principalmente na garantia da ordem pública e na conveniência da instrução criminal. Segundo o juiz, "a aplicação de qualquer medida cautelar diversa da prisão, nesse momento, poderia ser ineficaz, motivo pelo qual abstenho-me de aplicá-las."

O julgamento do caso está marcado para o dia 13 de março, às 08:00h, na 2ª Vara do Tribunal do Júri.

Carlos é acusado de homicídio qualificado, dissimulação, ocultação de cadáver e fraude processual. A denúncia do Ministério Público do Estado de Mato Grosso do Sul (MPMS) destaca que ele teria tentado induzir peritos e o juiz ao erro durante o desenrolar do processo.

O corpo da vítima, Márcia, foi encontrado no Córrego Imbirussu, às margens da BR-262, na região do Bairro Coophavila. Durante a remoção do corpo, foram identificados sinais de ferimento na cabeça, cuja perícia confirmou ter sido ocasionado por um tiro na testa. 

JD1 No Celular

Acompanhe em tempo real todas as notícias do Portal, clique aqui e acesse o canal do JD1 Notícias no WhatsApp.

Tenha em seu celular o aplicativo do JD1 no iOS ou Android.

Reportar Erro

Deixe seu Comentário

Leia Também

Dinheiro apreendido na operação contra o grupo criminoso -
Justiça
Vereador de Campo Grande e outros 21 viram réus por corrupção em Sidrolândia
Presídio de Segurança Máxima em Campo Grande
Justiça
Promotoria quer mais 'rigidez' na apuração de faltas disciplinares em presídios de MS
 Ministério Público de Mato Grosso do Sul (MPMS) -
Justiça
MPMS investiga fraude em concurso da prefeitura de Sonora e recomenda suspensão
O corpo da vítima foi encontrado carbonizado, com algemas nas mãos e marcas de tiros -
Justiça
'Vitinho do Carandiru' é julgado por assassinato brutal em Campo Grande
STF; justiça
Justiça
STF diz que delegados e MP podem solicitar informações de celular sem autorização judicial
Justiça condena homem por uso de CNH falsa após acidente em Campo Grande
Justiça
Justiça condena homem por uso de CNH falsa após acidente em Campo Grande
Dinheiro apreendido na operação contra o grupo criminoso -
Justiça
Escândalo em Sidrolândia, conheça os nomes e as denúncias
Sede do Gaeco - MPMS
Justiça
Juiz nega internação hospitalar para assessor de vereador preso em operação
Vereador Claudinho Serra
Justiça
Defesa de Claudinho Serra reafirma pedido de liberdade e propõe tornozeleira eletrônica
Alexandre de Moraes
Justiça
Comitê da Câmara dos EUA critica Moraes em documento

Mais Lidas

AGORA: Capitão do Batalhão de Choque morre na Capital
Polícia
AGORA: Capitão do Batalhão de Choque morre na Capital
Emocionados, vários miliares acompanharam o velório do Capitão
Polícia
Velório de Capitão do Choque arrancou lágrimas até dos mais "durões"
Capitão Leonardo Mense partiu durante a noite de sábado (21)
Polícia
'Imenso legado': Capitão Mense é homenageado por autoridades e instituições de MS
JD1TV: Mulher morre ao ser atropelada várias vezes pelo namorado na Capital
Polícia
JD1TV: Mulher morre ao ser atropelada várias vezes pelo namorado na Capital