Menu
Menu
Busca terça, 25 de junho de 2024
Governo - Vazio sanitario Jun24
Justiça

Moraes prorroga inquérito das milícias digitais e investigações do 8 de janeiro

Investigações sobre a conduta de autoridades durante os ataques no início do ano foi estendida por 60 dias; inquérito das milícias digitais foi por 90

27 fevereiro 2023 - 19h51Pedro Molina

O ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal (STF), atendeu ao pedido da Polícia Federal (PF) e prorrogou, por 60 dias, as investigações dentro do inquérito 4.923, que analisa a conduta de autoridades durante os ataques do 8 de janeiro em Brasília.

No pedido, a PF argumentou que solicitou ao Núcleo de Identificação da corporação uma análise papiloscópica da minuta do golpe, apreendida na casa do ex-secretário de Segurança Pública do DF e ex-ministro da Justiça, Anderson Torres.

Segundo a corporação, ainda estão pendentes de análise os protocolos de ações da Polícia Militar do DF (PMDF) referentes a grandes manifestações com o objetivo de verificar se houve quebra de padrão na atuação da corporação durante a invasão da sede dos Três Poderes.

Além disso, a PF argumenta no documento que aguarda as imagens das câmeras de segurança do Palácio do Buriti, sede do Governo do Distrito Federal, entre os dias 1º e 20 de janeiro.

Milícias digitais

O ministro prorrogou, também nesta segunda-feira, o Inquérito 4.874, que investiga a atuação de uma suposta milícia digital em ações contra a democracia e o Estado Democrático de Direito, por mais 90 dias.

Na decisão, Moraes ressalta que o aumento foi concedido “considerando a necessidade de prosseguimento das investigações e a existência de diligências em andamento”. Essa é a sexta vez que o inquérito é prorrogado.

Aberto em julho de 2021, o inquérito investiga a atuação das supostas milícias digitais nas redes sociais e visa descobrir os responsáveis pela articulação e financiamento delas.

A decisão de Moraes atende a um pedido da Procuradoria-Geral da República (PGR), que emitiu parecer tratando “da imprescindibilidade de apreciação conjunta dos fatos em análise”.

O entendimento do órgão é que as investigações “indicaram a existência de uma associação criminosa, denominada ‘Gabinete do Ódio’, dedicada à disseminação de notícias falsas, ataques ofensivos a diversas pessoas, às autoridades e às instituições”, o que está relacionando a material apreendido em outro caso.

 

Tenha em seu celular o aplicativo do JD1 e acompanhe em tempo real todas as notícias. Para baixar no IOS, clique aqui. E aqui para Android.

Reportar Erro

Deixe seu Comentário

Leia Também

Eleições 2022
Interior
Justiça Eleitoral determina identificação de perfil que espalha fake news em Amambai
Sede do Tribunal de Contas de Mato Grosso do Sul - TCE/MS
Interior
Licitação de R$ 7 milhões da prefeitura de Naviraí entra na mira do TCE-MS
Mateus Pires morreu ainda no local do acidente
Justiça
Jovem que matou motociclista na Mascarenhas tem prisão preventiva decretada
Viatura da Polícia Civil com sangue da cadelinha machucada
Cidade
Juíza pede exame de insanidade mental para estuprador de cadela em Campo Grande
TJMS mantém condenação de 18 anos para assassino de policial civil na fronteira
Justiça
TJMS mantém condenação de 18 anos para assassino de policial civil na fronteira
Aparecida Graciano de Souza é acusada de homicídio qualificado -
Justiça
TJ nega liberdade a idosa acusada de matar e esquartejar marido em MS
Mandado de prisão contra Maquito é válido até julho de 2063
Justiça
Audiência sobre homicídio de 'Leo' no Nova Lima acontece nesta segunda-feira
Av. Pres. Ernesto Geisel e Afonso Pena -
Cidade
Justiça condena prefeitura a pagar mais de R$ 250 mil por morte de ciclista em bueiro
Foto: TJMS
Justiça
Justiça Itinerante funciona até às 11h30; veja a rota da semana
Mandado de prisão contra Maquito é válido até julho de 2063
Justiça
Trio vai a júri por assassinato de detento em presídio de Campo Grande

Mais Lidas

Cantor Diogo Nogueira
Cultura
MS Ao Vivo: Diogo Nogueira fará show gratuito na Capital no dia 14 de julho
Avelino Luz,  se jogou dentro do veículo pegando fogo
Polícia
Vídeo - Após ser traído, homem se joga em carro em chamas
"O Máskara" foi encaminhado ao hospital
Cidade
Personagem da Carreta da Alegria erra perfomance e cai da fachada de prédio
Caso foi registrado na Depac Centro
Polícia
Advogado é agredido por réu de processo enquanto treinava em academia 24h da Capital