Menu
Menu
Busca segunda, 22 de abril de 2024
TJMS Abril24
Justiça

MP espanhol vai recorrer para aumentar pena de Daniel Alves por estupro, diz agência

O Ministério Público local pediu nove anos de prisão, enquanto a defesa da denunciante pediu 12 anos

01 março 2024 - 13h52Sarah Chaves    atualizado em 01/03/2024 às 13h54

Para tentar endurecer a pena de quatro anos e meio de prisão imposta por um tribunal de Barcelona ao jogador  Daniel Alves, em condenação por estupro, o Ministério Público espanhol vai recorrer da decisão, de acordo com uma fonte jurídica ouvida pela agência AFP.

De acordo com a sentença, ele jogou a mulher no chão do banheiro de uma boate em Barcelona, imobilizou-a e penetrou sem consentimento. A pena foi atenuada após pagamento de 150 mil euros (R$ 801,2 mil) para ser entregue à vítima.

Na sessão de julgamento, Daniel Alvez chorou e negou a agressão sexual. Disse ainda que a relação com a denunciante foi consensual.

O MP vai tentar aumentar a pena recebida por Alves, que foi considerado culpado pelo tribunal de ter estuprado uma mulher no banheiro de uma boate em Barcelona, no final de 2022.

A defesa de Daniel Alves havia pedido a liberdade condicional e a absolvição dele. Já o Ministério Público local pediu nove anos de prisão, enquanto a defesa da denunciante pediu 12 anos.

Logo após o anúncio da sentença, a defesa disse que iria recorrer da decisão. A apelação ainda pode ser feita em duas instâncias, no Tribunal Superior de Justiça da Catalunha (TSJC) e no Supremo Tribunal da Espanha.

Enquanto recorrer, Daniel segue preso —pela lei espanhola, ele pode obter direito de sair da prisão em 2025.

JD1 No Celular

Acompanhe em tempo real todas as notícias do Portal, clique aqui e acesse o canal do JD1 Notícias no WhatsApp e fique por dentro dos acontecimentos também pelo nosso grupo, acesse o convite.

Tenha em seu celular o aplicativo do JD1 no iOS ou Android.

 

Reportar Erro

Deixe seu Comentário

Leia Também

Imagem ilustrativa
Justiça
STF 'derruba' lei de MS que facilitava acesso ao porte de arma
Dinheiro apreendido na operação contra o grupo criminoso -
Justiça
Vereador de Campo Grande e outros 21 viram réus por corrupção em Sidrolândia
Presídio de Segurança Máxima em Campo Grande
Justiça
Promotoria quer mais 'rigidez' na apuração de faltas disciplinares em presídios de MS
 Ministério Público de Mato Grosso do Sul (MPMS) -
Justiça
MPMS investiga fraude em concurso da prefeitura de Sonora e recomenda suspensão
O corpo da vítima foi encontrado carbonizado, com algemas nas mãos e marcas de tiros -
Justiça
'Vitinho do Carandiru' é julgado por assassinato brutal em Campo Grande
STF; justiça
Justiça
STF diz que delegados e MP podem solicitar informações de celular sem autorização judicial
Justiça condena homem por uso de CNH falsa após acidente em Campo Grande
Justiça
Justiça condena homem por uso de CNH falsa após acidente em Campo Grande
Dinheiro apreendido na operação contra o grupo criminoso -
Justiça
Escândalo em Sidrolândia, conheça os nomes e as denúncias
Sede do Gaeco - MPMS
Justiça
Juiz nega internação hospitalar para assessor de vereador preso em operação
Vereador Claudinho Serra
Justiça
Defesa de Claudinho Serra reafirma pedido de liberdade e propõe tornozeleira eletrônica

Mais Lidas

AGORA: Capitão do Batalhão de Choque morre na Capital
Polícia
AGORA: Capitão do Batalhão de Choque morre na Capital
Emocionados, vários miliares acompanharam o velório do Capitão
Polícia
Velório de Capitão do Choque arrancou lágrimas até dos mais "durões"
Capitão Leonardo Mense partiu durante a noite de sábado (21)
Polícia
'Imenso legado': Capitão Mense é homenageado por autoridades e instituições de MS
JD1TV: Mulher morre ao ser atropelada várias vezes pelo namorado na Capital
Polícia
JD1TV: Mulher morre ao ser atropelada várias vezes pelo namorado na Capital