Menu
Busca sexta, 07 de maio de 2021
(67) 99647-9098
Gov_MS-Cresce_Maio21
Justiça

Gaeco investiga fraude na compra de materiais de limpeza na rede de educação

Foram recolhidos celulares, notebooks e documentos, que estão sob análise da Promotoria

19 abril 2021 - 15h56Matheus Rondon

Investigação conduzida pela 30ª Promotoria de Justiça de Defesa do Patrimônio, com o apoio do Grupo de Atuação Especial de Repressão ao Crime Organizado (GAECO), realizou nesta segunda-feira (19), a operação “Clean”, cumprindo seis mandando de busca e apreensão na Capital. Entre os matérias apreendidos estão celulares, notebooks e documentos, que estão sob análise da Promotoria.

De acordo com as informações do Ministério Público, a ação tem como foco a apuração da suposta prática dos crimes de fraude à licitação, peculato, corrupção e associação criminosa, no bojo do Pregão nº 145/2017, realizado no âmbito da Secretaria de Estado de Educação, para a aquisição de materiais de limpeza para fornecimento à rede estadual de ensino. Os contratos para o fornecimento dos produtos foram assinados em 2018.

Os mandados foram expedidos pelo Juízo da 3ª Vara Criminal de Campo Grande e tiveram como alvos as empresas vencedoras do pregão, seus proprietários e respectivo procurador, além de servidor público que, à época, era encarregado do termo de referência para a deflagração do procedimento licitatório.

Girafa

Deixe seu Comentário

Leia Também

Justiça
Justiça de SP manda trocar IGPM por IPCA em duas ações sobre aluguel
Justiça
Justiça derruba bloqueio de R$22 milhões contra a Solurb
Justiça
STF deve concluir julgamento que confirma sobre parcialidade de Moro
Justiça
Daniel Castro será secretário geral dos ouvidores eleitorais
Justiça
Carrefour deposita R$ 1,1 milhão, mesmo viúva de João Alberto recusando acordo
Justiça
STF aceita por unanimidade denúncia contra Daniel Silveira
Justiça
Eduardo Cunha tem prisão revogada pelo TRF-4
Justiça
Tribunal de Justiça quer maximizar conciliações e mediações no Estado
Justiça
Entrar em presídio com chip de celular não é crime, decide STJ
Justiça
Conselho de Ética pede cassação do vereador Dr. Jairinho

Mais Lidas

Polícia
Jacaré é capturado dando 'rolê' em cidade de MS
Internacional
Estados Unidos inicia vacinação contra a Covid-19 em Nova York
Polícia
Morador de rua tenta matar desafeto a pauladas no interior do Estado
Polícia
Briga por capacete acaba em tentativa de homicídio