Menu
Menu
Busca terça, 25 de junho de 2024
Governo - Vazio sanitario Jun24
Justiça

PF abre inquérito para investigar genocídio e omissão de socorro contra Yanomami

Investigação também apurará crimes ambientais

25 janeiro 2023 - 16h23Pedro Molina

A Polícia Federal (PF) abriu, nesta quarta-feira (25), um inquérito para apurar se houve crime de genocídio e omissão de socorro por parte do governo federal contra os indígenas da etnia Yanomami em Roraima.

Além dos crimes de genocídio e omissão de socorro, a investigação, que foi aberta a pedido do ministro da Justiça e Segurança Pública, Flávio Dino, investigará os crimes ambientais relacionados as Terras Indígenas Yanomami.

O oficio com pedido de apuração foi encaminhado por Dino ao diretor-geral da Polícia Federal, Andrei Rodrigues, nesta segunda-feira (23).

No documento, o ministrou citou “os reiterados pedidos de ajuda contra a violência decorrente do garimpo ilegal, bem como a ausência de efetivas ações e serviços de saúde à disposição dos Yanomami”, o que, segundo Dino, reforçam uma possível intenção de causar lesão grave à integridade ou mesmo provocar a extinção do grupo originário.

Também será investigada a participação ou a omissão de ex-integrantes do governo federal e os envolvidos em toda a cadeia do garimpo ilegal, incluindo proprietários de equipamentos, garimpeiros, barqueiros, operadores de máquinas e até o piloto do avião que transporta envolvidos e produtos.

 

Tenha em seu celular o aplicativo do JD1 e acompanhe em tempo real todas as notícias. Para baixar no IOS, clique aqui. E aqui para Android.

Reportar Erro

Deixe seu Comentário

Leia Também

Sede do Tribunal de Contas de Mato Grosso do Sul - TCE/MS
Interior
Licitação de R$ 7 milhões da prefeitura de Naviraí entra na mira do TCE-MS
Mateus Pires morreu ainda no local do acidente
Justiça
Jovem que matou motociclista na Mascarenhas tem prisão preventiva decretada
Viatura da Polícia Civil com sangue da cadelinha machucada
Cidade
Juíza pede exame de insanidade mental para estuprador de cadela em Campo Grande
TJMS mantém condenação de 18 anos para assassino de policial civil na fronteira
Justiça
TJMS mantém condenação de 18 anos para assassino de policial civil na fronteira
Aparecida Graciano de Souza é acusada de homicídio qualificado -
Justiça
TJ nega liberdade a idosa acusada de matar e esquartejar marido em MS
Mandado de prisão contra Maquito é válido até julho de 2063
Justiça
Audiência sobre homicídio de 'Leo' no Nova Lima acontece nesta segunda-feira
Av. Pres. Ernesto Geisel e Afonso Pena -
Cidade
Justiça condena prefeitura a pagar mais de R$ 250 mil por morte de ciclista em bueiro
Foto: TJMS
Justiça
Justiça Itinerante funciona até às 11h30; veja a rota da semana
Mandado de prisão contra Maquito é válido até julho de 2063
Justiça
Trio vai a júri por assassinato de detento em presídio de Campo Grande
Ex-guarda civil municipal Marcelo Rios -
Justiça
Marcelo Rios insiste em julgamento presencial no caso Playboy da Mansão

Mais Lidas

Cantor Diogo Nogueira
Cultura
MS Ao Vivo: Diogo Nogueira fará show gratuito na Capital no dia 14 de julho
Avelino Luz,  se jogou dentro do veículo pegando fogo
Polícia
Vídeo - Após ser traído, homem se joga em carro em chamas
"O Máskara" foi encaminhado ao hospital
Cidade
Personagem da Carreta da Alegria erra perfomance e cai da fachada de prédio
Caso foi registrado na Depac Centro
Polícia
Advogado é agredido por réu de processo enquanto treinava em academia 24h da Capital