Menu
Menu
Busca sábado, 25 de maio de 2024
Secovi
Justiça

PM que atirou em homem em bar na Capital tem acusação 'aliviada' pelo MPMS

Promotoria decidiu modificar a acusação de tentativa de homicídio para lesão corporal

16 maio 2024 - 15h24Vinícius Santos

O Ministério Público de Mato Grosso do Sul (MPMS) decidiu 'aliviar' a acusação contra o policial militar Guilherme Santos Farias, de 29 anos, que feriu um homem de 33 anos com um tiro durante um desentendimento em um bar no bairro Santo Antônio, em Campo Grande, no dia 21 de março de 2024.

Inicialmente, Farias foi acusado de tentativa de homicídio e preso. No entanto, a promotora Luciana do Amaral Rabelo, da 20ª Promotoria de Justiça do MPMS, em manifestação recente à Justiça, solicitou que a acusação fosse desclassificada para lesão corporal.

A promotora entende que não ficou caracterizado o "animus necandi", ou seja, a intenção de matar. Em depoimento, o policial militar alegou que o disparo foi acidental.

A gravidade da lesão corporal será avaliada por perito do (IMOL) – Instituto de Medicina e Odontologia Legal, onde a vítima deverá passar por exames.

O pedido de desclassificação da acusação será analisado pelo juiz Aluizio Pereira dos Santos, da 2ª Vara do Tribunal do Júri.

Reportar Erro
Assembleia - Maio24

Deixe seu Comentário

Leia Também

Corregedoria deve verificar in loco o funcionamento do TJMS
Justiça
Juiz do Amapá é investigado e afastado cautelarmente por ligações com facções
TRE-MS desaprova contas do PSOL/MS e exige devolução de R$ 23 mil
Justiça
TRE-MS desaprova contas do PSOL/MS e exige devolução de R$ 23 mil
Imagem: Arquivo/
Justiça
PGE recorre para manter acordo de desmatamento no Parque dos Poderes
Sede do Tribunal de Contas de Mato Grosso do Sul - TCE/MS
Justiça
TCE-MS orienta gestores sobre condutas vedadas em ano eleitoral
Silas e Aysla foram mortos por engano
Geral
Justiça aceita denúncia e torna réus acusados de morte de adolescentes na Capital
Posse de Livio é suspensa e Gian Sandim deve assumir
Política
Posse de Livio é suspensa e Gian Sandim deve assumir
R$ 314 milhões "esquecidos" em processos podem ser devolvidos à população de MS
Justiça
R$ 314 milhões "esquecidos" em processos podem ser devolvidos à população de MS
Dos R$ 6 milhões desviados, Gaeco recuperou R$ 800 mil até as primeiras horas da investigação
Justiça
Para 'desbaratar' grupo de Cezário, Gaeco fez monitoramento em campo
Silas e Aysla foram mortos por engano
Polícia
Grupo que matou adolescentes por engano são isolados na Gameleira
Treta no estabelecimento terminou com um homem ferido e um PM preso
Justiça
PM pede absolvição após ferir homem em confusão de bar na Capital

Mais Lidas

Carro da corretora é encontrado no Indubrasil
Polícia
JD1TV AGORA: Carro de corretora morta é encontrado no Indubrasil
Amalha trabalhava como corretora de imóveis
Polícia
Corretora foi morta a pauladas por 'amigo' após não entrar em esquema de golpe
Frio em Mato Grosso do Sul
Clima
Mínima de 7°C: MS pode registrar 'o dia mais frio do ano' nos próximos dias
Polícia Civil e Polícia Científica estiveram na casa onde tudo aconteceu
Polícia
Polícia prende bancário que tentou matar esposa a facada e atropelada no Cabreúva