Menu
Menu
Busca quarta, 24 de abril de 2024
TJMS Abril24
Justiça

Secretário de Fazenda recebe cidadania de MS

Homenagem a Luiz Renato Adler foi iniciativa do deputado Gerson Claro

08 dezembro 2022 - 15h11Pedro Molina     atualizado em 08/12/2022 às 15h11

Durante sessão solene da Assembleia Legislativa de Mato Grosso do Sul (ALEMS) nesta quarta-feira (7), o Secretário Estadual da Fazenda, Luiz Renato Adler, recebeu o título de Cidadão Sul-Mato-Grossense pela determinação e o sucesso na sua contribuição no desenvolvimento do Estado. A homenagem foi de iniciativa do deputado Gerson Claro.

Originário de Curitiba no Paraná, Luiz Renato veio para a Capital ainda com 8 anos de idade, devido ao trabalho de seu pai, que trabalhava como administrador de empresas, e comemorou a honraria recebida.

“É uma honra receber essa condecoração. Sempre me senti sul-mato-grossense de coração, pois foi aqui que construí a minha vida pessoal e profissional. Mato Grosso do Sul é um Estado pujante e em pleno desenvolvimento”, explicou o secretário da Fazenda.

Graduado pela Universidade Católica Dom Bosco (UCDB), Luiz Renato é especialista em Direito Tributário pelo Instituto Brasileiro de Estudos Tributário (IBET), possui MBA em Direito Empresarial pela Fundação Getúlio Vargas (FGV), mestrado em Direito pela Universidade Metodista de Piracicaba (Unimep) e doutorado em Direito pela Universidade Estácio de Sá (Unesa).

Antes de assumir como secretário, ele atuou como consultor Jurídico do SEBRAE/MS, do Sindicato das Empresas de Factoring de Mato Grosso do Sul e do Sindicato da Indústria da Construção Civil de MS, além de ter lecionado por mais de uma década na Unesa, UCBD, Escola Superior de Advocacia (ESA) da Ordem dos Advogados do Brasil em Mato Grosso do Sul (OAB-MS) e na Unigran Capital, fatores que atribuíram para o recebimento da honraria.

 

Tenha em seu celular o aplicativo do JD1 e acompanhe em tempo real todas as notícias. Para baixar no IOS, clique aqui. E aqui para Android.

Reportar Erro

Deixe seu Comentário

Leia Também

Fachada do TCE-MS
Interior
TCE 'barra' chamamento público de R$ 12 milhões para gerenciamento de saúde em Selvíria
Dinheiro apreendido na operação contra o grupo criminoso -
Interior
Ex-pregoeira presa em Sidrolândia alega ser mãe solteira e pede liberdade
"Playboy da Mansão" Marcel Costa Hernandes Colombo, 31 anos, foi assassinado com tiros de pistola 9mm
Justiça
Após derrotas recursais, 'Jamilzinho' vai a júri pela morte de 'Playboy da Mansão'
O corpo da vítima foi encontrado carbonizado, com algemas nas mãos e marcas de tiros -
Justiça
'Vitinho do Carandiru' é condenado a 10 anos de prisão por homicídio em Campo Grande
Deputada Carla Zambelli (PL)
Justiça
Zambelli é acusada pela PGR por "autoria intelectual" de ataque hacker
Lewandowski prorroga treinamento da Força Penal Nacional em Mossoró
Justiça
Lewandowski prorroga treinamento da Força Penal Nacional em Mossoró
MPMS investiga contrato milionário entre Prefeitura de Ladário e escritório de advocacia
Justiça
MPMS investiga contrato milionário entre Prefeitura de Ladário e escritório de advocacia
mpms compressed
Justiça
MP apura possível crime eleitoral na transferência de títulos de indígenas em Dourados
 Ministério Público de Mato Grosso do Sul (MPMS) -
Justiça
Portal da Transparência de Naviraí entra na mira do MPMS por irregularidades
Presidente do TRE-MS, Desembargador Paschoal Carmello Leandro -
Justiça
JD1TV: TRE faz campanha sobre regularização de títulos de eleitor

Mais Lidas

AGORA: Capitão do Batalhão de Choque morre na Capital
Polícia
AGORA: Capitão do Batalhão de Choque morre na Capital
Capitão Leonardo Mense partiu durante a noite de sábado (21)
Polícia
'Imenso legado': Capitão Mense é homenageado por autoridades e instituições de MS
 Ministério Público de Mato Grosso do Sul (MPMS) -
Justiça
MPMS investiga fraude em concurso da prefeitura de Sonora e recomenda suspensão
"Eu não tenho dúvida que o Beto Pereira terá capacidade, se eleito for, de fazer as grandes transformações e reformas que Campo Grande precisa", enfatiza ex-governador.
Política
JD1TV: Reinaldo diz que problemas locais "pesarão mais" que Bolsonaro